Na mira da PM, torcedor que ameaçou árbitro pede perdão: ‘O palhaço fui eu"

O torcedor vascaíno deletou de sua página no Twitter os dados com o endereço e o CPF do auxiliar e disse ter ficado surpreso com a repercussão.

Na mira da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o torcedor responsável pela divulgação dos dados pessoais e por ameaças ao árbitro Rodrigo Castanheira pediu perdão ao auxiliar na mesma rede social. Castanheira, que cometeu erro contra o Vasco no clássico com o Flamengo, domingo passado, prestou queixa na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), na última terça-feira.

O torcedor vascaíno deletou de sua página no Twitter os dados com o endereço e o CPF do auxiliar e disse ter ficado surpreso com a repercussão das ameaças.

?Peço perdão ao senhor árbitro. Jamais teria a intenção de ameaçá-lo. Estava em um momento de revolta. O único palhaço da história fui eu?, postou o torcedor, depois da notícia de que a Polícia Civil já havia identificado três autores de ameaças e que a pena somada pode chegar a quatro anos e seis meses de prisão, e multa.

Já a torcida organizada Força Jovem Vasco se manifestou dizendo que não incentivou a violência contra o auxiliar. Entretanto, até a noite de quarta-feira, as ameaças de torcedores a Castanheira permaneciam nos comentários da página da organizada no Facebook.

Uma das medidas de Alessandro Thiers, responsável pela investigação do caso, é a solicitação de que os sites retirem do ar o conteúdo ofensivo a Castanheira. De acordo com o delegado, a polícia procura identificar mais indivíduos responsáveis pelas ameaças. Terça-feira, três autores foram mapeados, sem previsão de quando prestarão depoimento.

- Seguimos a investigação em sigilo. Temos 30 dias para finalizar tudo - disse.

Os policiais da DRCI tentam rastrear o IP (sigla referente ao Protocolo de Internet, em inglês) para chegar aos autores das ameaças. Devido ao episódio, Castanheira e sua família decidiram sair de casa por uns dias.


Na mira da polícia, torcedor que ameaçou árbitro pede perdão: ?O palhaço fui eu?

Na mira da polícia, torcedor que ameaçou árbitro pede perdão: ?O palhaço fui eu?

Fonte: Extra