Na última curva, Hamilton ganha o título de Massa

Diante de uma torcida apaixonada em Interlagos, Felipe Massa fez o que tinha de fazer

Diante de uma torcida apaixonada em Interlagos, Felipe Massa fez o que tinha de fazer. O brasileiro da Ferrari ganhou o GP do Brasil ap?s comandar a prova de ponta a ponta. Ganhou, mas n?o levou. Por uma quest?o de segundos. Na ?ltima curva de uma corrida dram?tica, Lewis Hamilton pulou da sexta para a quinta posi??o e fez hist?ria no quintal de seu maior advers?rio. Sob vaias, o ingl?s da McLaren se tornou, aos 23 anos, o mais jovem piloto e o primeiro negro a conquistar um t?tulo da F?rmula 1.

Nas voltas finais, com o retorno da chuva, os brasileiros que lotavam o aut?dromo viram duas reviravoltas incr?veis. Hamilton foi ultrapassado pelo alem?o Sebastian Vettel, da STR, criando um cen?rio de t?tulo para Massa. A euforia da Ferrari durou apenas alguns segundos. Para ser campe?o, o ingl?s precisava retomar a quinta posi??o. O banho de ?gua fria na torcida veio na curva derradeira, quando Vettel e Hamilton, de uma s? vez, ultrapassaram o alem?o Timo Glock, da Toyota, que n?o tinha parado nos boxes para colocar os pneus de pista molhada.

Com apenas um ponto de vantagem para o rival, o ingl?s calou Interlagos. Calou apenas por alguns instantes, porque o sil?ncio logo deu lugar ?s vaias. Ainda assim, Hamilton fecha a temporada com o t?tulo e a certeza de que ? capaz de controlar a ansiedade em momentos decisivos. Durante a maior parte da corrida, ele foi cauteloso e se manteve distante dos rivais, tanto ? sua frente como atr?s. No fim, viveu momentos de tens?o, mas o ?ltimo sentimento foi de al?vio e alegria, com um abra?o emocionado na fam?lia.

Nos boxes da Ferrari, todos explodiram de alegria quando Massa cruzou a linha de chegada. A fam?lia do piloto, abra?ada, pulava e festejava o t?tulo. A festa foi interrompida de forma brusca poucos momentos depois, com a not?cia de que Hamilton ganhara a quinta posi??o. De um instante para o outro, as fisionomias euf?ricas deram lugar ? tristeza do t?tulo perdido.

O espanhol Fernando Alonso, da Renault, terminou em segundo, seguido por Kimi Raikkonen, companheiro de Massa na Ferrari. O brasileiro Rubens Barrichello chegou em 15?, e Nelsinho Piquet abandonou na primeira volta.

Na largada, Massa escapou na frente e as posi?es se mantiveram na primeira curva. Preocupado em n?o atrapalhar Hamilton, Kovalainen perdeu lugar para Vettel e Alonso. Com menos de uma volta, o fim de uma carreira: David Coulthard, da RBR, tocou a traseira de Nelsinho, rodou e deixou a prova. O brasileiro tamb?m abandonou, e o safety car foi acionado, aumentando ainda mais a carga de drama.

Ap?s tr?s voltas, ainda com a pista molhada, os pilotos voltaram a acelerar e a corrida prosseguiu. Alonso atacava Vettel, mas Hamilton mantinha a cautela, ciente de que a quarta posi??o lhe daria o t?tulo.

Na d?cima volta, Alonso, Webber, Vettel e Rubinho foram para os boxes e colocaram pneus secos. Logo depois, Massa seguiu o mesmo caminho - desta vez, com o pirulito manual, para evitar a lamban?a eletr?nica de Cingapura. Aos poucos, os outros pilotos fizeram o mesmo, inclusive Hamilton.

Fonte: Globo Esporte