Não gostei de sair, admite atacante do Fortaleza

""Fico um pouco chateado, mas temos de saber que o treinador é quem comanda a equipe""

O atacante Rinaldo admitiu que n?o gostou de ter sido substitu?do no segundo tempo da partida contra o Cear?, no ?ltimo s?bado, no duelo que terminou empatado por 2 a 2. Autor do primeiro gol da equipe, o jogador disse que n?o estava cansado e que n?o pediu para deixar o campo.

"Claro que ningu?m gosta de sair, principalmente em um cl?ssico como Fortaleza e Cear?. Eu n?o pedi para sair. No jogo contra o Am?rica-RN, realmente cansei e pedi minha substitui??o, mas dessa vez n?o cansei e acho que ainda poderia ajudar meus companheiros", declarou o atacante.

O camisa 9 tricolor, por?m, reconheceu que o t?cnico Heriberto da Cunha sabe o que faz e que seu principal objetivo ? servir ao elenco do Fortaleza.

"Fico um pouco chateado, mas temos de saber que o treinador ? quem comanda a equipe. Naquele momento, ele achou que a melhor op??o seria a minha sa?da e a entrada do Osvaldo. O importante ? que todos n?s somos um grupo e vamos continuar trabalhando para ajudar o Fortaleza a subir na tabela, independentemente de quem estiver dentro de campo", concluiu Rinaldo.

Na pr?xima rodada, o Fortaleza, que com o empate est? em 14? lugar com 34 pontos, tr?s acima da zona de rebaixamento, enfrentar? a Ponte Preta, s?bado, ?s 16h (de Bras?lia), no Est?dio Mois?s Lucarelli, em Campinas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br