Neymar mando o recado: quanto mais caçado, mais motivado

Neymar mando o recado: quanto mais caçado, mais motivado

"Já me deram soco, tapa, xingaram de tudo. Mas é a pior coisa que o cara pode fazer. Para mim é melhor. Para ele, pior", diz atacante

Que Neymar é o principal alvo dos marcadores adversários do Santos não é novidade para ninguém. Durante todos os jogos, o craque sofre com faltas, intimidação e xingamentos. A fórmula, porém, não tem se mostrado das mais eficientes, já que o camisa 11 tem seu melhor início de ano da história pelo Peixe, com 21 gols em 21 jogos.

O jogador alerta os zagueiros de todas as equipes: quanto mais tentarem intimidá-lo dentro de campo, maior será a motivação.

- É pior para alguém querer xingar e intimidar, porque o cara vai ficar p... e vai querer "deitar". Se eu fosse marcador, eu nunca falaria isso para o Ganso. Se não, ele vai querer me dar caneta e chapéu, como todo jogador de grande habilidade. Não faria isso. Já me deram soco, tapa, xingaram de tudo. Mas é a pior coisa que o cara pode fazer. Para mim, é melhor. Para ele, pior - avisou, em entrevista coletiva desta quarta-feira, no CT Rei Pelé.

E ai de quem ofender Nadine, mãe do atacante.


Neymar avisa a seus marcadores: quanto mais caçado, mais motivado

- É só não irritar. Se xingar a minha mãe, ferrou. Você deixa xingar a sua mãe? Fica bravo, né? Então, eu também (risos) - disse o atleta, enquanto respondia pergunta sobre como marcá-lo.

Na última partida do Peixe contra o São Paulo, na semifinal do Paulistão, por exemplo, Neymar teve embate com o lateral-direito paraguaio Piris, em quem aplicou uma sequência de dribles até sofrer falta. Depois, já no fim da partida, o craque ainda conseguiu cavar a expulsão de Cícero.

Com duelo programado contra Domingos, ex-zagueiro do Santos e atualmente no Guarani, neste domingo, pela partida de ida das finais do Campeonato Paulista, às 16h, no Morumbi, o adversário já tem uma "dica" a mais para tentar parar Neymar. A missão quase impossível pode se tornar mais fácil, se ele não deixar o craque irritado.

Fonte: GloboEsporte.com