Fim da novela: Neymar acerta sua permanência

Fim da novela: Neymar acerta sua permanência

Neymar disse sim. Ao Santos, à torcida alvinegra, a Pelé, Mano Menezes, Dorival Júnior, Zagallo.

Neymar disse sim. Ao Santos, à torcida alvinegra, a Pelé, Mano Menezes, Dorival Júnior, Zagallo. Durante os últimos dias, o garoto, de 18 anos, ouviu de todos os lados pedidos para que ele permanecesse no Brasil, para que amadureça atuando na Vila Belmiro, se forme como um jogador mais completo para, só então, se aventurar no futebol europeu. O garoto e seus represetantes pediram para o Chelsea esperar pelo menos até o fim da Taça Libertadores 2011. Valeu também o esforço dos dirigentes do Santos, que bateram o pé e não negociaram o jogador. O clube inglês, se quissesse, teria de pagar a multa de 35 milhões de euros (R$ 79 milhões). O que acabou não acontecendo.

O acordo foi confirmado nesta quinta-feira, em reunião entre o jogador, seu empresário, Wagner Ribeiro, e o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro. A assinatura do novo contrato, cujos detalhes serão divulgados pelo dirigente, em entrevista coletiva ainda nesta quinta-feira, aconteceu por volta das 17h, em São Paulo. No entanto, o "fico" de Neymar está selado deste a última terça-feira, na reunião em que o Peixe apresentou o projeto de carreira para o garoto. Nesta quinta, o presidente do Chelsea, Bruce Buck está em São Paulo. Veio para assistir à final da Taça Libertadores e para tentar levar o garoto, mas a diretoria do Peixe armou uma estratégia de guerra para "esconder" o garoto e fazê-lo assinar o novo contrato antes que eles conversassem com o americano que gerencia o clube europeu. Todo cuidado é pouco.

A princípio, o pai de Neymar, Neymar da Silva Santos, e o agente do jogador, Wagner Ribeiro, pressionaram pela transferência. Diziam ser arriscado esperar, pois acreditavam que havia a possibilidade proposta como a que o garoto recebeu os ingleses não se repetiria no futuro. No entanto, a retórica do presidente santista, Luis Alvaro Oliveira Ribeiro, e de seus colaboradores, convenceram os representantes de Neymar, que deixaram de forçar a barra.

- O projeto apresentado pelo Santos para Neymar é maravilhoso. Desde a imagem no exterior, sendo trabalhada aqui no Brasil com media trainning, até a assistência à família. Nunca vi nada igual - afirmou Wagner Ribeiro.

Neymar vai ganhar um salário equivalente ao que o Chelsea lhe oferecia. No entanto, o Peixe não vai extrapolar seu teto salarial. O pagamento será feito em parceria com investidores, a exemplo do que aconteceu com Robinho. O Peixe seguirá pagando o teto do clube, R$ 160 mil, valor que o jogador já recebe. O restante será pago por parceiros. Além disso, o garoto ganhará aumento cada vez que uma meta estabelecida for cumprida: convocação para a Seleção, artilharia, títulos.

Nas próximas semanas, o Peixe irá chamar Paulo Henrique Ganso para apresentar ao jogador e seus representantes um projeto semelhante. A meta da diretoria é segurar as duas joias até a Copa do Mundo de 2014.

- O nosso sonho é que os dois disputem o Mundial como jogadores do Santos - afirmou o presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com