Nilmar brilha, faz três gols e Brasil goleia Chile em Salvador. Confira!

Seleção Brasileira contou com grande atuação do atacante Nilmar contra o Chile em Salvador. Veja!

Em clima de festa com o Estádio Pituaçu lotado, vaga garantida na Copa do Mundo após convicente vitória sobre a Argentina em Rosário e volta a Salvador após dez anos, a Seleção Brasileira contou com grande atuação de Nilmar na noite desta quarta-feira. Escolhido para ser o substituto de Robinho, o ex-atacante colorado marcou três vezes no triunfo por 4 a 2 sobre o Chile e estendeu as comemorações da torcida baiana após susto levado no segundo tempo.B

Com inúmeros reservas em campo devido às ausências de Robinho (machucado), Kaká, Luís Fabiano, Ramires e Lúcio (suspensos), brilharam as estrelas dos reservas imediatos: Nilmar e Júlio Júlio Baptista balançaram as redes na 11ª vitória consecutiva da equipe comandada pelo técnico Dunga. Desde o empate com o Equador em março, o líder das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010 venceu todos os jogos e agora salta aos 33 pontos, seguido pelo Paraguai (30) e Chile (27).

Para o início, Dunga surpreendeu e escalou o baiano Daniel Alves no meio-campo, deixando Elano de fora. Com a bola rolando, o jogador do Barcelona deu conta do recado e foi o melhor da equipe na primeira etapa, já que as principais jogadas brasileiras saíram de seus pés.

Luisão e Júlio Baptista perderam a chance de abrir o placar de cabeça após cruzamentos de Daniel. O Chile, como Marcelo Bielsa havia prometido durante a semana, não ficou só na defesa e partiu para cima da Seleção.

Fernandez, que deixou Valdivia no banco, foi o principal articulador das jogadas chilenas. Mas a defesa ficou muito exposta, e o gol da Seleção saiu aos 31min. Daniel Alves levantou na área e Nilmar mostrou oportunismo para empurrar a bola para o gol.

Aos 40min, a defesa chilena se atrapalhou e Nilmar roubou a bola. O atacante rolou para Daniel Alves, que a deu de presente para Júlio Baptista, que só teve o trabalho de escolher o canto esquerdo do goleiro e tocar com categoria. 2 a 0.

No último minuto do primeiro tempo, Sanchez fez ótima jogada pela direita, passou por André Santos e foi derrubado por Felipe Melo. Na cobrança do pênalti, Suazo bateu forte e descontou para o time de Bielsa.

Logo no início da etapa final, Felipe Melo acertou Sanchez sem bola e foi expulso pelo árbitro Jorge Larrionda. A Seleção sentiu. Aos 7min, Beausejour cruzou da esquerda e Suazo pegou bem na bola, marcando um belo gol e incendiando a barulhenta torcida chilena.

Fonte: Terra, www.terra.com.br