'Ninguém pode comparar com o do Pato', diz Tite ao defender André

Treinador saiu em defesa do atacante que perdeu penâlti decisivo

O técnico Tite saiu em defesa do atacante André, que perdeu um pênalti durante o empate por 2 a 2 com o Nacional-URU, pelas oitavas de final da Libertadores. O resultado eliminou o Corinthians da competição internacional.

Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (6), o treinador rejeitou qualquer tipo de comparação com a "cavadinha" dada por Alexandre Pato contra o Grêmio na Copa do Brasil de 2013.

"Sobre o André. Ninguém, de sã consciência, pode comparar batidas de pênaltis do Pato, do Matheus, com a do André. Foram totalmente diferentes da batida dele. Quer ver? Olha a batida contra o Audax. Ele fez o gol, é injusto. Não vamos ser oportunistas. É a forma que ele treina pênalti, parecida com o que Evair fazia. Análise técnica do movimento", analisou.

Tite também falou sobre a disposição do time e rebateu as críticas da torcida, que pichou 'Elias omisso' no muro do CT Joaquim Grava. 

"Não venho defender ninguém, nem ter pena de ninguém. Mas a disposição dessa equipe, que teve a base toda retirada, e não porque a direção quis. Estou construindo o time, e não ter meu reconhecimento. Se tivesse feito o gol aos 49, teria exaltado a alma corintiana".


Tite afirmou que não há comparação entre os tipos de cobrança  (Crédito: Gazeta Press)
Tite afirmou que não há comparação entre os tipos de cobrança (Crédito: Gazeta Press)


Fonte: Com informações da Espn.