No duelo dos artilheiros, Messi tem vantagem de gols

Craque argentino tem 50 na temporada e chega a Madri como principal arma de Pep Guardiola para a semifinal da Liga dos Campeões

Enquanto José Mourinho e Pep Guardiola fazem o confronto fora das quatro linhas, dentro do campo o principal duelo na semifinal Real Madrid x Barcelona na Liga dos Campeões é entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. O argentino desembarcou nesta terça-feira em Madri para a partida de quarta embalado por um bom histórico: o camisa 10 marcou quatro gols nos últimos três jogos no Santiago Bernabéu.

O Barça vem de duas vitórias e um empate na casa do maior rival. No total, incluindo clássicos no Camp Nou, Messi atuou no Bernabéu dez vezes pelo Campeonato Espanhol, venceu seis, empatou duas e perdeu duas vezes, com oito gols. A estreia no estádio do Real foi em 19 de novembro de 2005, quando Ronaldinho Gaúcho marcou dois e saiu aplaudido pela torcida adversária no 3 a 0 para o time catalão.



No último jogo no Bernabéu, empate de 1 a 1 pelo Espanhol, Messi fez de pênalti. Foi seu primeiro gol em uma equipe treinada por Mourinho. A temporada do argentino é a melhor de sua carreira em números: tem 50 gols e bateu o recorde de Puskas (49, pelo Real) como jogador de uma equipe espanhola a balançar a rede mais vezes no ano.

Nas estatísticas, Messi tem levado a melhor sobre Cristiano Ronaldo. O camisa 10 é o artilheiro do Espanhol e da Liga dos Campeões (31 e nove gols) na frente do português (30 e seis, respectivamente). No confronto direto, o craque do Barça também supera o ídolo merengue. Os dois se enfrentaram nove vezes na carreira (oito por clubes e uma por seleções), com cinco vitórias do argentino, dois empates e dois triunfos do camisa 7. Messi marcou quatro vezes, uma a mas que Cristiano Ronaldo.

Porém, no último duelo, o português foi decisivo. Real e Barça decidiram a Copa do Rei na última quarta, em Valencia, e Cristiano Ronaldo fez o gol da vitória do time de Madri por 1 a 0, na prorrogação. A briga agora é para ver quem vai para a decisão da Champions. A bola está com os craques.

Mas um detalhe curioso é que o argentino nunca conseguiu marcar gols na semifinal da Liga dos Campeões. Em quatro oportunidades em campo pelo Barcelona nessa fase da competição, Messi nunca balançou as redes. Em duas outras ocasiões em que já pertencia ao clube, o jogador era muito jovem e não chegou a entrar em campo com os titulares na Champions.

Fonte: GloboEsporte