No reencontro com Ronaldinho, Grêmio vira sobre Flamengo

Logo aos 3min, Ronaldinho cobrou falta sob muitas vaias

De virada, o Grêmio justificou sua fama de imortal e venceu o Flamengo por 4 a 2 no Olímpico, em Porto Alegre. O jogo da 32ª rodada marcou não só pelo resultado, mas também pela volta de Ronaldinho ao Olímpico depois da novela envolvendo sua transferência para o clube carioca. Com o resultado, o time gaúcho continua em 9º, enquanto o Flamengo caiu para 5º.

Logo aos 3min, Ronaldinho cobrou falta sob muitas vaias. Sem cair na pressão, o meia cobrou por cima da barreira. Victor, de mão trocada, tocou na bola e ela tocou no travessão. Dois minutos depois, o camisa 10 gremista deu a resposta e Felipe defendeu bonito. Douglas tentou de novo aos 18min, mas esbarrou no goleiro flamenguista novamente.

Apesar de jogar no Olímpico, o clube carioca envolveu os mandantes no toque de bola e com passes rápidos criou as melhores chances do primeiro tempo. Aos 19min, Gilberto Silva errou na saída de bola, Thomás aproveitou e passou para Ronaldinho, que driblou Fernando e bateu, mas Gilberto Silva se recuperou e cortou a finalização. A torcida vibrou como se fosse um gol.

Aos 23min, Thiago Neves deu um passe no meio da zaga do Grêmio. Deivid, cara a cara com Victor, não perdoou e marcou o primeiro do Flamengo. Ronaldinho comemorou efusivamente e sambou junto com os companheiros na frente da torcida do Flamengo.

Continuando a pressão, aos 31min Ronaldinho passou para Deivid que foi abafado por Victor e não fez seu segundo na partida. Atrás no marcador, o Grêmio chegou com Júlio César, que chutou com perigo e obrigou o goleiro Felipe a fazer mais uma defesa.

Aos 33min veio o segundo baque para os gaúchos. Em jogada que envolveu boa parte do time carioca, Léo Moura passou para Thiago Neves, que chutou no gol; a bola desviou e entrou no canto direito de Victor. 2 a 0.

Por pouco o resultado não foi pior para os mandantes. Ronaldinho iniciou o contra-ataque, passou para Junior César, que cruzou para Thomás. O jovem meia chutou e o goleiro gremista espalmou.

Merecendo o gol, o Grêmio fez o seu aos 41min. Marquinhos lançou na área, Mário Fernandes ajeitou e André Lima, de virada, colocou no fundo da rede, no canto direito de Felipe, diminuindo o placar. No final da etapa inicial, Douglas deu um lindo chute no alto, mas Felipe mais uma vez correspondeu e garantiu a vitória carioca no primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo, o time da casa entrou em alta velocidade e logo aos 5min empatou a partida. André Lima, à La Ronaldinho nos áureos tempos, driblou Airton no meio das pernas e chutou de chapa no canto direito de Felipe, marcando um golaço, fazendo o Olímpico explodir de alegria.

Depois do gol de empate o jogo ficou menos acelerado, com as duas equipes se preservando. Apagados em relação ao primeiro tempo, Thiago Neves e Ronaldinho pouco criaram, bem marcados pelo trio Gilberto Silva, Adílson e Fernando. Já o Flamengo sofreu com erros individuais do sistema defensivo. Aos 30min, Escudero partiu sozinho, cara a cara com Felipe depois de erro de Léo Moura. O argentino chutou em cima do goleiro flamenguista e falhou no rebote, levando a torcida gremista ao desespero.

Mas Douglas limpou a barra do companheiro. O camisa 10 gremista recebeu na direita, limpou o defensor e bateu no canto direito, marcando um golaço, virando a partida para o Grêmio. Pouco depois, Miralles colocou no ângulo de Felipe e fechou o placar em 4 a 2. Ronaldinho, em cobrança de falta, teve a chance de fazer o seu, mas falhou e novamente foi vaiado pela torcida em êxtase. Na volta ao Olímpico, Ronaldinho viu seu ex-time vencer de forma heróica.

Ficha técnica

GRÊMIO 4 x 2 FLAMENGO

Gols

GRÊMIO: André Lima, aos 41min do primeiro tempo e aos 5min, Douglas aos 34min e Miralles aos 39min do segundo tempo

FLAMENGO: Deivid, aos 23min e Thiago Neves aos 35min do primeiro tempo

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Saimon (Adilson), Rafael Marques e Júlio César (Bruno Collaço); Gilberto Silva, Fernando, Douglas, Marquinhos e Escudero (Miralles); André Lima

Treinador: Celso Roth

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior César; Airton, Renato, Thiago Neves e Thomás (Muralha); Ronaldinho e Deivid (Diego Maurício)

Treinador: Vanderlei Luxemburgo

Cartões amarelos

GRÊMIO: Saimon, Douglas, Adilson, Fernando e Bruno Collaço

FLAMENGO: Junior César, Ronaldinho e Renato Abreu

Árbitro

Evandro Rogério Roman (PR)

Local

Estádio Olímpíco, em Porto Alegre (RS)


No reencontro com Ronaldinho, Grêmio vira sobre Flamengo por 4 a 2

Fonte: Terra