Novak Djokovic bate algoz de Nadal e levanta o troféu no ATP 500 de Pequim

Sérvio conquista terceiro título em oito finais disputadas em 2009

Após sair derrotado das decisões do ATP 250 de Halle e do Masters 1.000 de Cincinnati, o sérvio, atual número 4 do mundo, triunfou neste domingo, na final do ATP 500 de Pequim, na China. Por 6/2 e 7/6(4), em 1h54m, ele superou o croata Marin Cilic, número 15 do mundo, para levantar o troféu.

No sábado, Cilic havia feito uma partida impecável e derrubou o espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo e favorito para chegar à decisão. Novak Djokovic vibra na vitória sobre o croata Marin Cilic, na final do ATP 500 de Pequim, na China O resultado deste domingo completa uma semana brilhante do sérvio, que só perdeu um set em todo o torneio.

No sábado, Djokovic também garantiu sua volta ao terceiro lugar no ranking mundial . Ele deixará para trás o escocês Andy Murray, que anda afastado das quadras para tratar uma lesão no pulso direito. Djokovic é o líder em vitórias no circuito mundial este ano. O triunfo deste domingo foi seu 63º em 2009. Atrás dele estão Andy Murray (58), Rafael Nadal (57) e Roger Federer (55).

O sérvio disputou oito finais na temporada e venceu três delas: ATP 250 de Belgrado e ATP 500 de Dubai. As derrotas vieram em Miami (para Andy Murray), Monte Carlo (Rafael Nadal), Roma (Rafael Nadal), Halle (Tommy Haas) e Cincinnati (Roger Federer).

Fonte: GloboEsporte