Novela entre Denis Marques e Flamengo deve acabar na segunda

Novela entre Denis Marques e Flamengo deve acabar na segunda

Advogado do jogador terá reunião com clube

A novela da rescisão entre Denis Marques e Flamengo está perto de um desfecho. Na próxima segunda-feira, o advogado do jogador, Aldo Giovani Kurle, se reunirá com membros do departamento jurídico do clube para tratar da rescisão, que pode ou não ser amigável. O Flamengo considera ter os elementos necessários para uma justa causa por abandono de emprego. A questão envolve, porém, o detentor dos direitos sobre o atacante, cujo contrato de empréstimo na Gávea se encerraria somente no fim do ano.

Denis Marques não aparece no clube desde o dia 5 de junho, véspera da partida contra o Goiás. Não se reapresentou para temporada de treinos durante a Copa do Mundo e, somente no fim de julho, o diretor-executivo do futebol, Zico, disse ter ficado sabendo do paradeiro do jogador, mas pela imprensa. Marques se envolveu em um acidente de carro em Maceió no qual colidiu com o muro de duas casas. Para piorar, teve a sua carteira de motorista apreendida por se recusar a fazer o teste do bafômetro.

O Flamengo ainda deve US$ 150 mil (R$ 265 mil) ao Omiya Ardija, do Japão, pelo empréstimo de Denis Marques, que duraria até 31 de dezembro. Além da rescisão por justa causa criar um problema para os japoneses, que teriam de voltar a arcar com os salários do atleta (cerca de R$ 150 mil mensais), restaria a parcela do empréstimo a ser paga em setembro. Kurle acenou com uma solução que, a princípio, deixou o vice jurídico rubro-negro, Rafael de Piro, otimista. De acordo com o advogado do atleta, o Ceará está interessado na contratação e possivelmente arcaria com o valor para ter o jogador pelo restante do Brasileiro.

"Estamos tentando uma solução amigável. O Flamengo tem um compromisso com os japoneses de ficar com o atleta até o fim do ano. Se ele for embora, eles terão de pagar o salário e não gostarão nada disso. É o que a gente chama de conflito de normas. O Denis Marques pode bater na cara do técnico que não será mandado embora? É claro que não, sabemos que pode haver uma demissão por justa causa. Mas o contrato internacional é regido pela Fifa e pode acabar sendo ruim para o Flamengo mandar embora. Teremos uma reunião na segunda-feira para tratar dessa rescisão", explicou Kurle.

Sobre dívidas do clube com Denis Marques, o advogado afirmou que o atleta deverá abrir mão de boa parte dos vencimentos no período em que ficou sem treinar. "O Flamengo não pagou esse período, então deve acabar pagando parte, o Denis abre mão do resto, estamos negociando. Mas preciso da autorização do time do Japão para fazer isso, por isso estamos segurando para fazer tudo de acordo. Se for feita a justa causa, o Flamengo provavelmente não ia querer pagar a última parcela (US$ 150 mil) em setembro, por isso há um interesse dos japoneses também em resolver. Se esse for o único obstáculo, a gente vai ver se consegue que o próximo clube do Denis Marques pague isso ", completou Kurle, confirmando o interesse do Ceará. "O que está mais avançado é com eles mesmo".

O vice jurídico do Flamengo confirmou a possibilidade de acordo entre as partes, mas mostrou certa impaciência com a demora nas negociações. Afirmou que, se isso não for resolvido na reunião de segunda-feira, o clube deve optar pela justa causa. "Se isso não sair segunda-feira, acho que já há elementos para uma justa causa por abandono de emprego. Existe de fato uma parcela a ser paga de US$ 150 mil. Que bom que ele já está pensando em um próximo clube".

Fonte: IG