O preço da vitória: veja quanto cada país pagará por medalhas de ouro

O dinheiro é proveniente do Conselho Nacional de Alto Rendimento Esportivo.

Alcançar o topo do pódio, a glória olímpica, também tem seu preço. Para citar alguns casos, Argentina, México e Brasil pagarão aos esportistas que receberem medalhas de ouro muito mais que os Estados Unidos. Confira os prêmios ao redor do mundo e algumas curiosidades.

O presidente do Comitê Olímpico Argentino, Gerardo Werthein, contou no Twitter os valores que serão pagos aos atletas do seu país em caso de pódio em Londres. Cada medalha de ouro valerá 150 mil pesos (R$ 60 mil), a prata premiará 100 mil pesos (R$ 40 mil) e o bronze, 60 mil pesos (R$ 24 mil).

Além disso, a Argentina também dará prêmios às equipes que possam sair vitoriosas. Haverá 1 milhão de pesos (R$ 400 mil) pelo ouro, 700 mil pesos (R$ 280 mil) pela prata e 500 mil pesos (R$ 200 mil) pelo bronze.

O dinheiro é proveniente do Conselho Nacional de Alto Rendimento Esportivo (Enard, na sigla em espanhol). A entidade é financiada por um imposto de 1% da arrecadação das empresas de telefonia celular. Ao redor do mundo

Os EUA, uma das grandes potências mundiais do esporte, oferece um prêmio de US$ 25 mil (R$ 50 mil) a cada campeão olímpico. Aqueles que conquistarem uma prata terão a premiação de US$ 15 mil (R$ 30 mil), enquanto o bronze valerá US$ 10 mil (R$ 20 mil).

Já o México, assim como a Argentina, também supera o seu vizinho do norte. Cerca de 500 mil pesos mexicanos (R$ 72 mil) vão ao possível ganhador em Londres 2012. O pódio é completado com 250 mil pesos (R$ 36 mil) por cada prata e 125 mil pesos (R$ 18 mil) pelos bronzes.

Entretanto, a projeção de medalhas de ouro dos Estados Unidos é arrasadora. Estima-se que a delegação americana consiga 37 medalhas de ouro, segundo o banco norte-americano Goldman Sachs. A Argentina baseará suas esperanças de vitória somente nas "Leonas" do hóquei na grama, enquanto o México sonha com um ouro de María del Rosario Espinoza, do taekwondo.

Em Londres, o Brasil começa a preparação para receber os Jogos do Rio 2016. Contudo, não tira o foco da Olimpíada 2012 e já conta com prêmios para seus nadadores. Se Cesar Cielo ou Thiago Pereira saírem com o ouro da piscina londrina, receberão R$ 100 mil. Em caso de prata, a bonificação será de R$ 50 mil, e cada bronze valerá R$ 30 mil.

O país que oferece mais dinheiro aos seus esportistas que levarem o ouro olímpico é a Itália, com uma oferta de R$ 365 mil. A Rússia, forte competidora no quadro de medalhas, pagará R$ 262 mil para cada atleta que chegar ao topo do pódio. Veja outros valores da premiação por medalha de ouro no resto do mundo: Coreia do Sul, R$ 105 mil; França, R$ 100 mil; Japão, R$ 56 mil; e Austrália, R$ 32 mil.

O Reino Unido, anfitrião dos Jogos, confirmou que não dará sequer uma libra para quem conquistar medalhas. O incentivo está no que poderão conseguir, a curto ou médio prazo, através de patrocinadores.

Por outro lado, o magnata da mineração Andrew Kam disse que oferecerá uma barra de ouro no valor de US$ 630 mil (R$ 1,260 milhões) ao membro da equipe de badminton da Malásia que se consagrar campeão olímpico.

Fonte: Terra