Palmeiras castiga o Santos na Vila Belmiro

Peixe jogou melhor, criou várias chances, mas pecou demais nas finalizações na Vila

Sob o olhar atento do Rei Pel?, o Palmeiras, com um gol salvador de L?o Lima, venceu o Santos, neste domingo, na Vila Belmiro, e pulou momentaneamente para a lideran?a do Brasileir?o, com 61 pontos. J? o Peixe, apesar da derrota, segue em 12? lugar, com 40 pontos, dentro da zona de classifica??o para a Copa Sul-Americana. A derrota ? um castigo para o time da Vila Belmiro, que jogou melhor durante a maior parte da partida, mas perdeu chances de mais e acabou levando o segundo gol j? aos 45 minutos da etapa final.

Verd?o sai na frente, mas leva sufoco santistab><

Em um domingo de decis?o na F?rmula 1, Santos e Palmeiras entraram em campo a toda velocidade. Logo no primeiro minuto da partida, o Verd?o abriu o placar com Kl?ber, que aproveitou-se de um cochilo da zaga santista e entrou sozinho para receber passe de Evandro e rolar a bola por baixo das pernas de F?bio Costa. Os santistas reclamaram de impedimento, mas Kl?ber estava na mesma linha do ?ltimo defensor alvinegro.

O gol acordou os santistas que passaram a dominar as a?es e a pressionar muito o Palmeiras. Em um ritmo alucinante, o Alvinegro encurralou o rival e criou chances suficientes n?o s? para empatar como para virar a partida. Mas a? apareceu o personagem do primeiro tempo. O goleiro Bruno, que herdou a posi??o com o afastamento de Marcos (dispensado para acompanhar o funeral de seu pai, morto no ?ltimo s?bado), foi uma verdadeira muralha.

Al?m de mostrar seguran?a nas sa?das de bola, Bruno fez tr?s grandes defesas. A primeira aos 8, quando Molina entrou pela esquerda e chutou rasteiro, de canhota; a segunda, aos 13, num chute de Kl?ber Pereira. A terceira saiu aos 39, num cabeceio de Cuevas. Em todas, o reserva mostrou boa coloca??o e reflexo.

Acuado, o Palmeiras tentava amea?ar em contra-ataques. Apesar de a zaga santista conceder espa?os, o Verd?o n?o conseguiu completar as jogadas e acabou at? levando sufoco do time da casa at? o fim da etapa inicial.

Peixe ? castigado e Verd?o garante vit?ria

Se no primeiro tempo o Verd?o foi mais r?pido e saiu na frente, no segundo foi o Peixe que iniciou mais aceso. Logo no primeiro minuto, empatou a partida num lance bastante pol?mico. Molina cobrou escanteio da direita, Kl?ber Pereira trombou com o goleiro Bruno, que acabou empurrando a bola para dentro do gol. O ?rbitro Wilson Luiz Seneme correu para o meio, validando o lance, mas o auxiliar Vicente Romano Neto ficou parado, marcando um toque de m?o de Kl?ber Pereira.

Press?o dos jogadores santistas contra a marca??o. O ?rbitro chamou o bandeirinha, eles conversaram por alguns segundos e o gol acabou confirmado: Bruno fez contra. Os palmeirenses, revoltados, cercaram a arbitragem. O t?cnico do Verd?o, Vanderlei Luxemburgo, entrou em campo no meio do tumulto e acabou expulso. O treinador deixou o gramado reclamando que estava apenas tentando tirar seus jogadores do bolo.

Ap?s esse lance, o jogo ficou bastante nervoso. Do vesti?rio, o t?cnico Vanderlei Luxemburgo mexeu no meio-de-campo da sua equipe. Na verdade, para consertar um erro que ele cometeu no intervalo ao substituir o meia Evandro pelo volante Sandro Silva. O time alviverde ficou muito recuado e deu campo para o Santos jogar. Para consertar, Luxa colocou L?o Lima e Den?lson nos lugares de Diego Souza e Jumar, respectivamente.

Assim, o jogo tornou-se bastante equilibrado. Com o Verd?o tentando apertar e o Santos se lan?ando em contra-ataques perigosos. O Peixe s? n?o virou a partida porque num desses contra-golpes Kl?ber Pereira perdeu um gol incr?vel. Aos 36, ele recebeu bom passe de Robinho, invadiu a ?rea, driblou o goleiro Bruno, mas perdeu o ?ngulo e chutou para fora.

Como o futebol costuma punir chances perdidas, o Peixe acabou sendo castigado. Aos 46, ap?s cruzamento da esquerda, a bola cruzou toda a ?rea e achou L?o Lima livre, para empurrar para as redes. Estava fechado o placar.

Fonte: Globo Esporte