Palmeiras perde a 3ª seguida e cai para quinto lugar

Palmeiras perde a 3ª seguida e cai para quinto lugar

O time alviverde, que já foi líder do Campeonato, foi ultrapassado pelo próprio Guarani,

Jogando fora de casa, no Estádio Brinco de Ouro, o Palmeiras sofreu neste domingo sua terceira derrota no Campeonato - a segunda seguida -, contra o Guarani, por 3 a 1. A equipe paulistana, que caiu na semana passada para o Mirassol no Pacaembu foi derrotada pela primeira vez fora da cidade de São Paulo e de quebra perdeu a quarta colocação na tabela do Paulista.

O time alviverde, que já foi líder do Campeonato, foi ultrapassado pelo próprio Guarani, que chega, assim, a 36 pontos e se iguala ao Santos. O time de Neymar leva vantagem no saldo de gols.

Dessa forma, o Palmeiras se consolida como o pior grande Paulista no Estadual. O time se mantém com 35 pontos, um a menos que o Santos, que enfrenta ainda neste domingo o São Caetano no Anacleto Campanella.

Começo com muitos gols

Precisando vencer para ultrapassar o Palmeiras e assumir o quarto posto do Paulista, o Guarani começou a partida com entusiasmo e conseguiu já aos 2min sua primeira chance de gol, com Fabinho, que finalizou da entrada da área para fora.

Aos 14min do primeiro tempo, o Guarani tanto insistiu que conseguiu abrir o placar, com o zagueiro Neto, aproveitando rebote em cabeçada de Bruno Mendes. A jogada começou em falta batida por Fumagalli.

O gol do time da casa não desanimou o Palmeiras, que conseguiu o empate, três minutos depois, com gol em pênalti cobrado por Barcos. A decisão do árbitro foi muito contestada pelos jogadores do Guarani, que alegaram que o meia Daniel Carvalho havia se jogado.

Também de pênalti veio o segundo gol de Guarani, que retomou a ponta do placar depois de Fumagalli converter com sucesso a penalidade no canto esquerdo do goleiro.

Com muitos gols, a partida só crescia em emoção e as chances se revezavam de lado. Aos 33min, Marcos Assunção bateu escanteio da esquerda, Barcos desviou de cabeça e Juliano fez linda intervenção.

Quatro minutos depois, Oziel cruzou da direita, Fabinho desviou de cabeça com força e Deola espalmou para o meio. No rebote, Danilo pegou de primeira e o arqueiro salvou o time visitante.

Guarani domina o segundo tempo

O primeiro tempo foi excepcional para o Guarani e segundo não foi muito diferente para o time da casa, que seguiu jogando melhor e pressionando. Assim, logo aos 11min, o Guarani conseguiu seu terceiro gol, com Bruno Mendes, depois de cruzamento de Fabinho.

Sem conseguir se impor e percebendo o bom momento do rival, o Palmeiras começou a se perder em campo. Seis minutos depois do gol do Guarani, Cicinho foi expulso. O defensor chegou forte em Fabinho não contou com a complacência do árbitro Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Com um a mais, Guarani fez valer a vantagem numérica e apenas administrou a partida, impondo ao time da capital paulista mais uma derrota no torneios Estadual.

Fonte: Terra