Palmeiras vence Paulista no Pacaembu e segue líder com 100% de aproveitamento

Além disso, o placar magro também assegura uma viagem tranquila dos reservas

Os reservas do Palmeiras fizeram sua parte e venceram o Paulista por 1 a 0 neste sábado, no Pacaembu. Evandro foi o autor do gol, que garantiu ao time os 100% de aproveitamento na temporada e a liderança do Campeonato Paulista, com 21 pontos. Na temporada, o Verdão tem nove vitórias em nove jogos - sete pelo estadual e duas pela primeira fase da Taça Libertadores, nos jogos contra o Real Potosí.

Além disso, o placar magro também assegura uma viagem tranquila dos reservas, que vão encontrar os titulares em Quito, no Equador. Na terça-feira, o time entra em campo para a primeira partida da fase de grupos da Libertadores contra a LDU.

CONFIRA A TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DO PAULISTÃO

Agora, o Palmeiras volta a jogar pelo Campeonato Paulista para defender a liderança da competição somente no próximo sábado, contra a Portuguesa , no Canindé.

Já o Paulista se mantém na 16ª posição, com somente seis pontos conquistados. E volta a jogar no próximo sábado, contra o Marília, em casa.

Equilíbrio na etapa inicial

Precisando vencer para poder deixar o país ainda na liderança, o Palmeiras encontrou dificuldades para furar o bloqueio imposto pelo time interiorano. A tática do Paulista era de congestionar ao máximo o meio-campo para poder aproveitar os contragolpes em velocidade.

Em uma dessas tentativas, logo aos 11 minutos, Francisco Alex obrigou o goleiro Marcos, que retornou ao time, a fazer a primeira defesa da partida.

Mas o Palmeiras não ficou atrás e partiu para cima do time visitante. As principais jogadas do time de Vanderlei Luxemburgo ficaram por conta do meia-atacante Marquinhos, atleta que mais girava em campo com a bola pelo time alviverde.

E era também o jovem atleta quem mais arriscou contra a meta de André Luiz. Na melhor delas, aos 22 minutos. Depois de tramar bela jogada com Lenny, Marquinhos chutou de longe e viu a bola desviar em um defensor do Paulista antes de sair pela linha de fundo.

Equanto Marquinhos era o mais efetivo no ataque, o goleiro Marcos sofria com a falta de ritmo. Em duas oportunidades o camisa 12 errou na saída do gol e quase complicou a situação da equipe palmeirense.

- Tenho muito a melhorar só com ritmo de jogo que vou conseguir acertar alguns defeitos - reconheceu Marcos, na saída para o intervalo.

Fonte: Globo Esporte