Palmeirense intruso 'espírito de porco' grava reação da torcida fiel

Depois ele me contou que só convidou porque tinha certeza que o Corinthians ganharia e queria me sacanear – disse o palmeirense “invasor”.

Um palmeirense vai à Arena Corinthians, vê seu time eliminar o maior rival nos pênaltis e... não pode comemorar. Aconteceu com o professor de tênis Carlos Silva, que aceitou o convite de um amigo corintiano para acompanhar a semifinal do Campeonato Paulista do lado da torcida adversária e aproveitou a oportunidade para registrar a reação dos torcedores no momento em que Fernando Prass defendeu a cobrança de Petros.

- Meu amigo vai em todos os jogos do Corinthians e me convidou. No começo fiquei desconfiado, falei que seria o “Porco de Troia” (em alusão ao Cavalo de Troia), mas aceitei. Depois ele me contou que só convidou porque tinha certeza que o Corinthians ganharia e queria me sacanear – disse o palmeirense “invasor”.


Registro Torcida Palmeiras - Arena Corinthians (Foto: Arquivo pessoal / Carlos Silva)

O torcedor sofreu para esconder os sentimentos durante toda a partida e, principalmente, nos pênaltis. Para ele, o modo como a classificação ocorreu vai fazer com que a torcida palmeirense nunca mais esqueça do jogo.

- Foi difícil para mim. Fiquei vendo a torcida do Palmeiras agitando o jogo todo e não podia fazer nada. Nos gols do Victor Ramos e do Rafael Marques, disfarcei tão bem quanto um ator, mas nos do Corinthians meus amigos me provocavam e pediam para eu comemorar. Chegaram os pênaltis e tive a ideia de gravar a reação da torcida, ao invés das cobranças, como a maioria faz.

Com o sucesso do vídeo nas redes sociais, ele disse que aceitaria repetir a experiência de acompanhar o jogo na torcida rival, mas sabe que teria de ir ainda mais disfarçado.

- Nada melhor do que acompanhar o jogo ao lado dos amigos, mesmo torcendo para times diferentes. Infelizmente ainda não podemos ir aos estádios identificando nosso time quando estamos na torcida rival, mas seria muito legal se um dia fosse possível. Se eu tiver a oportunidade de acompanhar outro jogo do Palmeiras na Arena Corinthians, eu vou dar um jeito de ir na torcida deles de novo, porque é muito mais fácil, confortável e seguro. Mas acho que vou ter de esconder meu rosto a partir de agora - brincou.

Por enquanto, o confiante palmeirense agora confia no título da equipe e vai tentar garantir um ingresso para a final. Morador de Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, ele ainda não conhece a arena alviverde e espera poder "estrear" no domingo.

Fonte: Globoesporte.com