Palmeirense perdeu a mão em confronto

Durante a briga, os torcedores usaram bastões de madeira, canos, pedaços de pedra e bombas.

O torcedor do Palmeiras que perdeu a mão durante uma briga com são-paulinos em Jundiaí, a 58 km de São Paulo, está em estado de choque. A informação é do Hospital São Vicente de Paulo, onde o torcedor de 26 anos, da cidade de Amparo, está internado desde a noite deste domingo (21).

Segundo a polícia, a bomba explodiu antes de ser arremessada. A mão direita do torcedor precisou ser amputada. Durante a briga, os torcedores usaram bastões de madeira, canos, pedaços de pedra e bombas. Quatro pessoas foram baleadas. Um torcedor de 29 anos morreu. Outras nove foram feridas por armas brancas.

O confronto aconteceu na altura do km 59 da Rodovia dos Bandeirantes. Segundo funcionários de um posto de serviços que fica no local, é a segunda vez que torcidas se enfrentam na área.

Até as 11h40 desta segunda-feira (22), outros cinco torcedores que ficaram feridos durante o confronto continuavam em observação no Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com