Pan: Joanna Maranhão sofre, mas vai à final dos 400 m livre

A venezuelana Andreina Pinto fez o melhor tempo da qualificação, com 4min16s12

Apesar de não ser sua especialidade, a nadadora Joanna Maranhão garantiu vaga na final dos 400 m livre dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara nesta segunda-feira. A brasileira foi apenas quarta colocada em sua série, mas avançou à decisão, que terá início às 22h (de Brasília), com o sexto melhor tempo no geral. Já Manuella Lyrio acabou eliminada.

A venezuelana Andreina Pinto fez o melhor tempo da qualificação, com 4min16s12, seguida da chilena Kristel Kobrich e da americana Gillian Rene Ryan.

Joanna Maranhão começou bem a prova e se manteve na disputa com outras três rivais durante a maior parte do tempo. Nos últimos 100 m acabou ultrapassada e não manteve o ritmo, terminando a primeira série eliminatória apenas na quarta colocação. Seu tempo foi 3min46s06, atrás da americana Gillian Rene Ryan, da mexicana Patrícia Castañeda e da argentina Cecília Biagioli.

"No quarto lugar fica difícil (passar para a final). Eu não estava esperando, essa não é a minha prova principal", afirmou a atleta, que deixou a piscina desacredita e acabou se surpreendendo: avançou com o sexto tempo à final. A recifense chegou a Guadalajara com uma medalha de bronze nos 400 m medley, conquistada no Pan de Santo Domingo, em 2003, no currículo. No sábado, ficou com a prata na mesma prova, perdendo para a americana Julia Elizabeth Smit.

Na segunda série eliminatória, Manuella Lyrio também não foi bem: chegou a ficar em quinto e, com recuperação nos metros finais, terminou com a terceira colocação. Fez 4min22s97, atrás da mexicana Susana Escobar e da venezuelana Andreina Pinto. Não conseguiu vaga para a final e foi eliminada com a décima colocação no geral.

A brasiliense Manuella Lyrio foi uma das surpresas do Troféu Maria Lenk, em maio, quando obteve índice para duas provas em Guadalajara. Além dos 400 m livre, ainda vai competir nos 200 m livre.


Pan: Joanna Maranhão sofre, mas vai à final dos 400 m livre

Fonte: Terra