Passaporte para a Taça Libertadores pode render quase R$ 14 milhões aos clubes

o São Paulo é quem melhor aproveita os recursos proporcionados pela Libertadores

Quanto voc? pagaria para realizar um sonho? Imagine ent?o poder alcan?ar seu objetivo e ainda receber, e bem, para isso. Pois ?. Objeto de desejo de dez em cada dez torcedores brasileiros, a Ta?a Libertadores da Am?rica deixou de ser apenas o maior campeonato entre equipes do continente para se transformar tamb?m em salva??o para os combalidos cofres dos clubes tupiniquins.

Com o Sport, campe?o da Copa do Brasil, garantido, S?o Paulo, Gr?mio, Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo disputam as quatro vagas restantes do Brasil, e o GLOBOESPORTE.COM fez um levantamento de quanto cada um pode deixar de ganhar caso termine o Brasileir?o na quinta posi??o.

Entre cotas de publicidade e TV, rendas, premia??o por participa??o e avan?o de fases e b?nus do patrocinador do torneio, estima-se que um clube que chegue ? decis?o arrecade cerca de R$ 13,7 milh?es, fora o lucro indireto.

?nico brasileiro tricampe?o da competi??o e prestes a carimbar o passaporte para a sexta participa??o consecutiva, o S?o Paulo ? quem melhor aproveita os recursos proporcionados pela Libertadores. A?es de marketing no Brasil e no exterior entram na lista das receitas extras do Tricolor.

- Temos ganhos indiretos diversos. Quando estamos na Libertadores, temos uma exposi??o muito forte. Estaremos pela sexta vez seguida, se Deus quiser, e isso se torna uma coisa mais cotidiana. No pre?o do patroc?nio ? bem significativo, porque a marca vai aparecer muito. Outro ganho indireto ? a vitrine internacional, para mostrar o clube, o que traz vantagens comerciais grandes. Al?m dessa proje??o internacional, tem a visibilidade do exterior para os jogadores - explica o diretor de futebol do clube, Jo?o Paulo de Jesus Lopes.

Fonte: Globo Esporte