Alexandre Pato diz que força da Fiel na final da Libertadores o seduziu

Alexandre Pato diz que força da Fiel na final da Libertadores o seduziu

Atacante concedeu sua primeira entrevista coletiva em seu novo clube.

A era Alexandre Pato teve início no Corinthians nesta sexta-feira. O atacante foi apresentado e, com o CT Joaquim Grava completamente tomado por jornalistas do mundo todo, concedeu sua primeira entrevista coletiva em seu novo clube.

Vestindo a camisa 7, o jogador garantiu estar 100% fisicamente para iniciar sua trajetória no Timão e revelou um dos principais motivos por ter optado por regressar ao Brasil e vestir a camisa alvinegra: a Fiel.

? Resolvi voltar porque eu senti o calor da torcida do Corinthians quando eu fui ao Pacaembu ver a final da Libertadores. Aquilo me ajudou na escolha. É uma aventura nova e vou dar o meu melhor para os torcedores. Tenho certeza de que serei muito feliz aqui ? disse.

? No dia do jogo do Corinthians, a Barbara (filha de Berslusconi e namorada de Pato) chegaria na madrugada. Eu disse ao meu empresário que antes de passar no aeroporto gostaria de ir ao jogo, queria ver e sentir como era a final da Libertadores. Fui torcer para o Corinthians porque o título seria importante para o Brasil. Peguei trânsito, passei pelo meio da torcida e foi emocionante. Ouvi muito ?é nois, mano?, ?vai, Corinthians? ? relembrou.

Ao receber um boné e uma camisa de representantes da torcida organizada, no fim da entrevista coletiva, Alexandre Pato entrou no clima descontraído do Timão e arrancou risos dos jornalistas ao saudar os corintianos na sala de imprensa.

? É nóis, mano! ? brincou.

Em seu primeiro contato com a imprensa, o ex-jogador desconversou sobre sua primeira polêmica no Parque São Jorge. Na última semana, o presidente do Milan, Silvio Berlusconi, afirmou que espera o retorno de Pato ao clube rossonero em um ano.

? O Silvio Berlusconi é para mim uma pessoa muito importante e tenho um carinho. Penso no Corinthians, tenho contrato de quatro anos, estou feliz e quero representar bem. O futuro ninguém sabe ? afirmou o atacante, que fez questão de reiterar que os problemas de lesão enfrentados na Itália fazem parte do passado.

? Eu nunca estive tão bem como estou agora. Estou muito feliz de chegar ao Corinthians. Fui recebido pó todos de braços abertos. Só quero jogar e ser feliz. Estou 100% e tranquilo. Só queo jogar e mostrar meu valor aos corintianos ? completou.

Mais cedo, apesar da expectativa inicial, Pato não foi ao gramado na atividade comandada por Cléber Xavier. Após exames clínicos e uma biópsia muscular na quinta-feira, o reforço alvinegro iniciou o trabalho para valer com novos testes físicos e um exame isocinético, que testa a resistência muscular do jogador.

Próximo ao campo, o atacante apareceu apenas para conversar rapidamente com o técnico Tite, que antecipou seu retorno das férias, e o auxiliar Cléber Xavier. Depois, seguiu rumo ao Parque São Jorge para se encontrar com o presidente Mário Gobbi, na sede social do Timão.

Fonte: Globo Esporte