Paulinho é liberado pelo setor médico do Flamengo, mas Elano preocupa

Fora desde o último dia 12, atacante será avaliado


Paulinho é liberado pelo setor médico do Fla, mas Elano preocupa
O atacante Paulinho, que caiu nas graças da torcida no segundo semestre de 2013 com boas atuações especialmente na Copa do Brasil, estará a partir desta segunda-feira novamente à disposição da comissão técnica do Flamengo. A informação é do médico do clube, Marcelo Soares, afirmando que o jogador está recuperado da dor no púbis que o tirou da equipe desde a estreia na Libertadores, no dia 12 de fevereiro.

O último jogo de Paulinho foi no México, contra o León, quando substituiu Éverton no segundo tempo da derrota por 2 a 1. Ele ainda será submetido a uma avaliação física antes de ficar à disposição do técnico Jayme de Almeida.

- O Paulinho está voltando na segunda-feira. Estava com dor no púbis. Ele ficará à disposição da comissão técnica, que aí avaliará como ele está, a condição física, e programará os treinos - explicou Soares.

O médico esclareceu que a comissão técnica do clube trabalha com foco no clássico do próximo fim de semana, contra o Botafogo, e no jogo contra o Bolívar, dia 12 de março, no Maracanã, pela Libertadores. O plano é que todos os titulares, incluindo Hernane e Elano, estejam liberados para esses confrontos. Os dois sentiram dores musculares na vitória sobre o Nova Iguaçu, no sábado, pelo Carioca, e serão reavaliados nessa segunda-feira.

A situação do camisa 7 é a que mais preocupa. O treino da equipe está marcado para 15h30 no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. O próximo jogo será contra o Bonsucesso, nesta quarta-feira, pelo Carioca, mas Jayme de Almeida já sinalizou, em coletiva no Maracanã, que não deverá escalar nem um, nem outro. O médico rubro-negro confirmou essa tendência.

- O Elano e o Hernane só vamos saber ao certo amanhã (segunda) à tarde. Foram orientados sobre tratamento, passamos repouso e medicação, e amanhã, 48h depois, avaliaremos melhor. Faremos um exame melhor, um exame físico, não de imagem ainda. Os dois estão com dores musculares, mas quem preocupa hoje é o Elano. Para quarta (contra o Bonsucesso), o Hernane não sei, o Elano, não. Apesar de os dois estarem com dor muscular, que sempre preocupa, o Elano preocupa mais do que o Hernane. Estamos trabalhando com o tratamento pensando no clássico de domingo e Libertadores na outra quarta-feira. Mesmo que melhorem, a ideia é essa. Deixei o meu telefone para emergências, mas nenhum dos dois me ligou, então creio que está tudo bem.

Em entrevista coletiva logo após o jogo de sábado, contra o Nova Iguaçu, Jayme de Almeida deixou nas mãos do departamento médico a escalação de Hernane e Elano contra o Bonsucesso, ressaltando que não pretende arriscar, já que o time está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca.

- Temos de ver como o grupo vai reagir. Hoje foi cansativo. Tivemos esses dois problemas, isso faz parte do esforço. O departamento médico vai avaliar melhor. Mas, a princípio, estão fora de quarta. Não têm motivo para arriscar. Estamos classificados. Temos uma tranquilidade maior agora para fazer essas coisas. Vamos avaliar caso a caso. Temos dois jogos seguidos na Libertadores, um subindo a montanha (altitude de La Paz, na Bolívia). Vamos ver como fazer - disse o técnico rubro-negro no último sábado.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com