Piauiense Sarah Menezes disputa Mundial na Tailândia

Esta é a segunda participação da judoca de 18 anos em Campeonato Mundial Júnior

Sarah Menezes (-48kg) entra no tatame do Rajamangala Indoor Stadium, na Tail?ndia, na madrugada de hoje, quando acontece a abertura e as primeiras lutas do 14? Campeonato Mundial J?nior. Apesar de fazer parte da sele??o brasileira principal adulta, a piauiense, de 18 anos, ainda tem idade para competir no Mundial da categoria, evento que ser? realizado at? o pr?ximo domingo, dia 26. A competi??o bateu recorde de inscritos, ser?o 500 judocas de 87 pa?ses.

Esta ? a segunda participa??o da judoca do Piau? em Mundial J?nior, pois em 2006, quando ainda era juvnil, esteve na competi??o. Este ano, com mais experi?ncia, tendo em vista que na atual temporada ela disputou as Olimp?adas de Pequim, Copas do Mundo e outros torneios internacionais contra judocas de ponta, a tend?ncia ? de que ela possa chegar entre as tr?s melhores do mundo.

O t?cnico Expedito Falc?o, que conversou com Sarah todos os dias, informou que ela est? tranquila, mas disse que a ?nica dificuldade que est?

enfrentando ? o forte calor. A expectativa, segundo ele, diz respeito apenas a defini??o da chave que ser? composta pelos advers?rios.

?A Sarah me disse que o grupo do Brasil est? bem unido e s? est? achando muito quente, mas n?o atrapalha porque v?o treinar pouco

na Tail?ndia. Ela disse que est? concentrada para a competi??o. Acho que a perda do ouro no Brasileiro S?nior deixou a Sarah mais atenta e isso vai fazer bem a ela. Jud? para ser campe?o ela tem. Agora ? s? esperar se ela vai cair numa chave razo?vel?.

Al?m de Sarah, a Confedera??o Brasileira de Jud? (CBJ) est? apostando em outros nomes, como os de Camila Minakawa (-63kg) Mayra Aguiar e Victor Penalber (-73kg), que s?o os mais experientes e t?cnicos dentre os 14 atletas que fazem parte do time do Brasil na Tail?ndia. Os tr?s participaram dos principais eventos e competi?es da sele??o, este ano, em v?rios pa?ses da Europa.

REGRAS

O Campeonato Mundial J?nior servir? de laborat?rio para a aplica??o e avalia??o das novas regras do Comit? Executivo da Federa??o In- ternacional de Jud? (FIJ). Dentre as mudan?as est? o uso do combate direto (sem mate), o fim do koka (pontua??o mais baixa do jud?) e o Golden Score com tr?s minutos, ao contr?rio dos cinco da regra atual. Al?m disso, os atletas competir?o num novo formato de chave, com repescagem a partir das quartas-de-final e n?o mais das semifinais.

Fonte: Socorro Cruz /JMN