Pistorius vira "pistoleiro" em capa de revista americana após assassinato

Primeiro atleta biamputado a participar das Olimpíadas, ele foi a imagem escolhida pela publicação para discutir a cultura da violência na África.

Cerca de 15 dias após ter matado sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, o astro paraolímpico Oscar Pistorius virou capa da Time, uma das revistas mais prestigiadas do mundo. Primeiro atleta biamputado a participar das Olimpíadas, ele foi a imagem escolhida pela publicação para discutir a cultura da violência na África do Sul. A chamada não deixa de ser sugestiva: uma montagem e um jogo de palavras no qual o velocista é chamado de "homem", "superhomem" e "homem arma", ou pistoleiro, em uma tradução livre.


Pistorius vira

Na madrugada do último dia 14 de fevereiro, o mundo do esporte foi abalado pela prisão de Pistorius. Um dos principais nomes dos Jogos de Londres, ele deu quatro tiros em Reeva Steenkamp em sua casa. Depois dos trâmites iniciais do processo, pagou fiança e foi liberado no dia 22, mas até o julgamento, programado para 4 de junho. Até lá, não poderá sair de Pretória sem autorização e nem lhe é permitida a ingestão de bebidas alcóolicas. Além disso, Oscar precisa receber a visita de um oficial de Justiça duas vezes por semana.

Fonte: GloboEsporte