Polêmicas, astros e tira-teima: Corinthians e Santos iniciam finais

Polêmicas, astros e tira-teima: Corinthians e Santos iniciam finais

Com histórico recente de duelos equilibrados, rivais se encontram novamente na decisão do estadual - é a terceira em cinco anos

O clássico entre Corinthians e Santos completa seu centenário em 2013. Neste domingo, às 16h, os rivais históricos não só disputam a primeira partida da final do Campeonato Paulista no estádio do Pacaembu, como também põem em jogo um retrospecto recente que inclui duelos eliminatórios memoráveis, trocas de farpas e a consolidação de dois gigantes do futebol brasileiro.

Em cinco anos, esta é a terceira vez que as duas equipes se encontram para decidir quem é o melhor time do estado de São Paulo. Em 2009, sob a batuta de Ronaldo, o Corinthians levou a melhor, com direito a um golaço do Fenômeno na Vila Belmiro. Dois anos depois, o Santos deu o troco, fechando a conta com o jovem ídolo Neymar balançando as redes. Chegou a hora do tira-teima.

Como se não bastasse a sequência vitoriosa em âmbito regional ? o Peixe luta pelo tetracampeonato inédito do Paulistão, enquanto o Timão é o maior campeão da história do torneio, com 26 títulos ? os rivais estenderam o duelo ao continente sul-americano. Últimos campeões da Taça Libertadores da América, Santos e Corinthians se encontraram pela semifinal da competição continental no ano passado. E o time do Parque São Jorge levou a melhor.

Cássio, Rafael, Arouca, Paulinho, Emerson Sheik, Neymar, Alexandre Pato... O clássico reúne um cartel invejável de estrelas, cujos currículos já estão repletos de títulos. Os laterais Alessandro e Léo, símbolos de longevidade em suas respectivas equipes, que o digam. Além da história e da rivalidade, o duelo em preto e branco vem sendo apimentado por diversos fatores recentemente.

No fim do ano passado, quando o Corinthians viajou ao Japão para a disputa do Mundial de Clubes, Léo ironizou a bagunça feita por alguns torcedores, que foram se despedir da equipe no aeroporto de Guarulhos, dizendo que quem está acostumado com rodoviária não poderia ir a um ambiente mais recatado. A resposta veio após o título, com xingamentos do Sheik.

O próprio Neymar já foi pivô de algumas polêmicas: foi intimidado pelo ex-volante corintiano Cristian na final em 2009, recebeu críticas do técnico Tite por ser "cai-cai", recebeu cutucadas de todos os lados...

Enquanto o Corinthians chega embalado por uma goleada sobre a Ponte Preta nas quartas e uma vitória nos pênaltis sobre o São Paulo na semi, o Peixe vem de duas emocionantes classificações nas penalidades ? uma sobre o Palmeiras, outra diante do Mogi Mirim.

Fonte: GloboEsporte