Polêmico, técnico Leão estimula competições dentro do São Paulo

Dos titulares de 2011, apenas cinco têm presença garantida na estreia do Campeonato Paulista.

Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Denilson, Cícero e Lucas; Dagoberto e Luis Fabiano. Essa foi a formação titular do São Paulo que terminou a temporada 2011. Com contrato renovado por mais um ano, o técnico Emerson Leão, disposto a apagar da memória dos torcedores os fracassos acumulados no ano passado, terá 13 dias de pré-temporada para encontrar meio time.



Dos titulares de 2011, apenas cinco têm presença garantida na estreia do Campeonato Paulista, no dia 22, contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no estádio do Morumbi: Rogério Ceni, Piris, Rhodolfo, Lucas e Luis Fabiano. Os outros 24 jogadores do elenco terão de correr atrás do espaço.

- A concorrência é forte, mas todos têm chance de buscar seu espaço. Confio no meu trabalho e sei que tenho condições de jogar. Sou volante, mas, se o Leão precisar, jogo de lateral esquerdo, lateral direito, onde ele quiser ? afirmou o volante Wellington.

O meio-campo, inclusive, é o setor mais concorrido da equipe. Para volante, por exemplo, são oito candidatos para duas vagas: Fabrício, Denilson, Casemiro, Wellington, Rodrigo Caio, Juninho, Carlinhos Paraíba e Cleber Santana. Isso sem contar com o volante Alan, que será observado pelo técnico Emerson Leão após a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Quem também terá de brigar pelo espaço é João Filipe, que embora tenha terminado o ano passado como titular, foi muito criticado pelo treinador pelo excesso de firulas em algumas partidas. O grandalhão promete fazer de tudo para se redimir.

- Os zagueiros que chegaram fizeram boas partidas no ano passado e vão brigar pelo espaço. Não estou preocupado porque conheço o meu potencial. Não vou desistir tão fácil de brigar pelo meu lugar. O importante é que a equipe ficará mais forte com as opções que chegaram ? avaliou o treinador.

Na lateral-esquerda, Juan está seriamente ameaçado por Cortês, que custou R$ 6 milhões aos cofres do time do Morumbi. Como o substituto de Dagoberto não foi contratado, Lucas será adiantado e formará dupla com Luis Fabiano. A sua vaga no meio tem tudo para ser de outro reforço, Maicon, que veio do Figueirense. Para tirar as dúvidas que ainda existem, o técnico Leão deverá pedir a realização de dois amistosos de preparação antes do Campeonato Paulista.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com