Por nocaute, brasileiro se sagra campeão do UFC

Invicto na categoria, Lyoto havia vencido 14 lutas até o momento

Por nocaute, Lyoto Machida venceu a luta diante do americano Rashad Evans e escreveu o seu nome na história do Ultimate Fighting Championship (UFC). Nesta madrugada de domingo (horário de Brasília), o brasileiro conquistou o cinturão do peso meio-pesado, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Invicto na categoria, Lyoto havia vencido 14 lutas até o momento. Com mais esse triunfo, além de aumentar o seu cartel positivo, tirou do rival americano o cinturão e também impôs o primeiro revés. Antes de enfrentar o brasileiro, Evans tinha 13 vitórias e um empate no vale tudo.

"Eu tentei toda a minha vida ser campeão e estou muito, muito feliz", disse Lyoto Machida, eufórico com a vitória. "Agora eu quero manter esse cinturão por muito tempo" emendou.

Mesmo conhecido pela precisão nos contra-ataques, Lyoto Machida dominou todo o combate. Ele venceu o primeiro round após conseguir derrubar o americano com um forte direto.

No segundo round, Machida continuou agressivo. Evans ainda tentava responder, mas sem muito sucesso. Desta forma, não demorou muito para o brasileiro encaixar uma boa seqüência de golpes e levar o rival ao chão, vencendo por nocaute.

"Foi uma boa luta. Ele foi muito difícil. Muito rápido e explosivo", reconheceu Evans. "Esta é minha primeira vez do outro lado (derrota). Talvez da próxima vez eu faça melhor", encerrou o americano.

Mesmo com a conquista, Lyoto Machida não deve ter vida fácil. Considerada a mais disputada das categorias do UFC, o peso meio-pesado tem entre os aspirantes ao título nomes como Maurício Shogun, Quinton Jackson e Forrest Griffin, todos em condições de brigar com o novo campeão.

Além de Machida, o Brasil tem outro campeão do UFC. Trata-se de Anderson Silva, dono do cinturão no peso médio.

Fonte: Terra, www.terra.com.br