Portuguesa frustra a estreia do Palmeiras; 1 a 1

Portuguesa frustra a estreia do Palmeiras; 1 a 1

Palmeiras permitiu empate no final na estreia do Brasileiro com a Portuguesa

O Palmeiras não conseguiu sair de campo vitorioso em sua estreia no Campeonato Brasileiro neste sábado. Mandante do duelo paulistano no Estádio do Pacaembu, o time alviverde permitiu que a Portuguesa, recém-promovida à elite nacional, buscasse um empate por 1 a 1 no final do segundo tempo e frustrasse a estreia do novo uniforme alviverde. Luan marcou para os comandados de Luiz Felipe Scolari ainda no primeiro tempo, mas Rodriguinho decretou a igualdade aos 41min da etapa decisiva.

No dia em que estreou um uniforme com figuras geométricos, um novo tom de verde e detalhes prateados na camisa, o Palmeiras foi a campo com poucas mudanças - apesar da possibilidade Felipão poupar algumas peças para a Copa do Brasil. Da equipe que vinha sendo titular, apenas Maurício Ramos, Marcos Assunção, Valdivia e Mazinho ficaram fora, dando lugar a Leandro Amaro, Patrik, Daniel Carvalho e Luan, respectivamente.

Já a Portuguesa, que foca todas suas forças para a disputa da Série A - depois de ter sido rebaixada para a A2 do Campeonato Paulista e ser eliminada da Copa do Brasil -, entrou em campo com a força máxima que Geninho tinha à disposição. Contudo, perdeu um importante jogador aos 16min de bola rolando no Pacaembu. Ricardo Jesus bateu com a cabeça no chão e, mesmo após receber atendimento, foi substituído por Rodriguinho.

O primeiro tempo terminou com o Palmeiras, que havia sido mais objetivo com a bola nos pés - mas não absoluto, visto que a Portuguesa também esboçou seus ataques -, vencendo por 1 a 0. O gol havia sido marcado por Luan, aos 37min, com um belo chute colocado da meia-lua.

Já na etapa decisiva, o Palmeiras até teve suas chances, mas não conseguiu colocar a bola para dentro. Anotar o segundo gol praticamente selaria o triunfo alviverde, mas a falta de pontaria na conclusão jogava contra o time de Felipão - que ainda perdeu Barcos, lesionado. Melhor para a Portuguesa, que não desistiu do jogo e conseguiu empatar aos 41min, com Rodriguinho, de cabeça.

Desesperado depois de permitir o empate, o Palmeiras ainda teve uma grande oportunidade de retomar a vantagem no marcador. Aos 45min, Maikon Leite pegou uma bola espirrada na área e chutou forte, mas acertou o travessão de Weverton e não conseguiu dar a vitória ao time.

Agora, o Palmeiras volta suas atenções para a disputa da volta das quartas de final da Copa do Brasil: na quarta-feira, volta a encarar o Atlético-PR e pode empatar sem gols ou por 1 a 1 para seguir adiante no torneio - uma vez que a ida terminou com um 2 a 2 entre as duas equipes. O confronto está marcado para as 19h30 (de Brasília) na Arena Barueri.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Palmeiras só volta a campo no próximo domingo, quando vai ao Rio Grande do Sul desafiar o Grêmio, no Estádio Olímpico, em duelo agendado para as 18h30. A Portuguesa, por sua vez, continua em São Paulo para receber o Vasco, no Canindé, no sábado.

Fonte: Terra, www.terra.com.br