Produtora de filmes pornô pretende contratar ex-atacante do Palmeiras

A empresa, Santalatina, fez uma proposta salarial de R$ 23 mil para que o ex-atleta atue uma semana como ator pornô.

Uma produtora colombiana de filmes pornográficos quer reforçar seu casting com um nome de grande impacto: o ex-atacante Faustino Asprilla, que na última década defendeu clubes brasileiros como Palmeiras e Fluminense. A empresa, Santalatina, fez uma proposta salarial de R$ 23 mil para que o ex-atleta atue uma semana como ator pornô. As informações são do jornal argentino La Nación.



?Estamos convencidos de que o estilo de vida que você leva e a polêmica que você causa foram causas vitais para que nos atrevêssemos a fazer a seguinte proposta?, sugeriu Andrea García, diretora da produtora, na carta enviada ao ex-jogador.

?Como você bem sabe, somos uma produtora de entretenimento para adultos e te oferecemos 20 milhões de pesos colombianos (R$ 23 mil) por uma semana como ator pornô. Estamos convencidos de que com um pouco de treinamento você pode explorar o outro talento que toda a Colômbia sabe que você tem?, provocou.

Asprilla, 43 anos, foi um dos melhores atacantes da geração dourada que representou a Colômbia na Copa do Mundo de 1993. O jogador passou por clubes da Europa como Parma e Newcastle, antes de ser contratado pela Parmalat para reforçar o Palmeiras no Mundial Interclubes de 1999, contra o Manchester United.

Apesar do renome, Asprilla não chegou a encantar com a camisa alviverde, embora tenha conquistado o Torneio Rio-São Paulo e a Copa dos Campeões de 2000, antes de se transferir para o Fluminense. Já na reta final de carreira, atuou por Atlante (México), Universidad de Chile e Estudiantes de la Plata (Argentina). Ele encerrou a carreira em 2004 - e não se manifestou a respeito da proposta recebeida pela produtora pornô.

Fonte: Terra