"São Paulo ficará pronta no último minuto", diz representante da Fifa em visita à Arena do Timão

"São Paulo ficará pronta no último minuto", diz representante da Fifa em visita à Arena do Timão

Corinthians x Figueirense, em maio, terá capacidade de 50 mil pessoas, enquanto 68 mil devem assistir a Brasil x Croácia. Valcke fala em cronograma “m

A Arena Corinthians não terá nenhum teste com a capacidade total de público do estádio antes da abertura da Copa do Mundo. O jogo entre Corinthians e Figueirense, que provavelmente será realizado no dia 17 de maio, terá 50 mil ingressos à venda. Quando Brasil e Croácia abrirem o Mundial, no dia 12 de junho, 68 mil torcedores estarão no estádio. Os bilhetes já foram todos vendidos.

Isso contraria o que a Fifa considera ideal para seus estádios. Na pior das hipóteses, há sempre pelo menos um teste com o mesmo público que o estádio receberá na competição. A capacidade do jogo contra o Figueirense foi estabelecida em reunião na manhã desta terça-feira com a presença de representantes do Corinthians, COL, Fifa, prefeitura e governo do estado de São Paulo.

Além da partida válida pelo Campeonato Brasileiro, a Arena Corinthians vai receber outros três eventos: no dia 26 de abril, um com a participação de crianças, sem uso do campo. No dia 1º de maio, operários vão se enfrentar em comemoração ao Dia do Trabalho. Até 10 mil pessoas poderão comparecer. No dia 10, ídolos da história do Corinthians vão jogar contra o time atual. A capacidade será de 35 mil pessoas.

Há ainda a possibilidade de outro jogo. Se o Timão não eliminar o Nacional-AM no primeiro jogo da Copa do Brasil, isto é, se não vencer por pelo menos dois gols de diferença, a diretoria vai solicitar que a partida da volta seja disputada na Arena Corinthians. Essa informação foi passada pelo diretor de operações Lúcio Blanco, que representou Andrés Sanchez. O ex-presidente está viajando em busca de parceiros para os ?naming rights? do estádio.

Após a vistoria, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, fez um alerta: não há mais nem um minuto a se perder para que o estádio esteja em condições de receber a abertura da Copa do Mundo. O discurso foi repetido pela vice-prefeita Nádia Campeão e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

- O cronograma está muito apertado, mas as coisas deverão ser feitas para que possamos fazer nosso teste completo. O estádio estará pronto, a questão é não perder tempo. Não é que não podemos perder mais nenhum dia. Não podemos perder mais nenhum minuto.

Valcke deixou clara por mais de uma vez sua insatisfação com o andamento da obra, mas se mostrou resignado diante da proximidade do Mundial.

- Não tenho outra escolha. Não sou um sonhador. São Paulo ficará pronta no último minuto, mas temos um cronograma definido para ser cumprido.

A partida entre Corinthians e Figueirense, inicialmente, seria realizada no dia 17 de maio, um sábado. Porém, a diretoria alega que deseja fazer esse teste à luz do dia, já que a abertura da Copa do Mundo será às 17h do dia 12 de junho. Por isso, há uma grande possibilidade de que o jogo seja transferido para domingo.

Ficou estabelecido também que o Corinthians deverá entregar as arquibancadas provisórias no dia 10 de maio. Elas serão usadas no jogo do Brasileirão. Todos os setores serão abertos ao público, porém, com capacidade reduzida, o que explica os 18 mil torcedores a menos do que na abertura da Copa.

Já Ronaldo se mostra bem mais otimista. Sem entrar em detalhes sobre atrasos, ele preferiu falar sobre o avanço nas obras e sobre a "realização de um sonho". Ele encerrou a carreira como jogador do Timão, em 2011, e participou da iniciativa da construção da Arena.

- Estou muito feliz de ver como o estádio está. Acompanhei tudo desde o início, as primeiras conversas com Andrés Sanchez (ex-presidente do Corinthians e atual responsável pelas obras). Dei uma volta do lado de fora para ver a mobilidade, demorei dez minutos para percorrer todo o entorno. Estou muito feliz de estar aqui dentro e saber que fiz parte desse sonho do Corinthians de ter uma Arena.

O estádio foi entregue pela construtora ao clube no último dia 15, mas com trabalhos ainda em andamento.

Acidentes fatais

O andamento das obras foi conturbado, com dois graves acidentes que causaram as mortes de três operários: dois em novembro do ano passado, quando um guindaste cedeu sobre o prédio leste. A terceira vítima caiu de uma altura de 8 metros enquanto trabalhava na montagem das arquibancadas provisórias, dia 29 de março.

Após São Paulo, Valcke estará em Curitiba, Cuiabá e Fortaleza, de 22 a 24 de abril de 2014. Juntamente com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e com os membros do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL), Bebeto e Ronaldo, ele se reunirá com representantes das sedes e visitará o Aterro de Iracema, local da Fifa Fan Fest de Fortaleza.


Pronta em cima da hora, Arena Timão não terá teste com público de Copa

Fonte: Globo Esporte