Na véspera de um jogão, Neymar pratica "bullying" até de seu "rival

Na véspera de um jogão, Neymar pratica "bullying" até de seu "rival

Talvez o motivo da tranquilidade de Neymar seja a confiança que tem recebido do técnico Gerardo "Tata" Martino.

Neymar está em paz. Pelo menos foi a impressão que o atacante brasileiro passou no treino do Barcelona, na manhã deste sábado, quando entrou em campo sorrindo, ao lado de Alexis Sánchez, seu companheiro e concorrente no ataque da equipe catalã.

Talvez o motivo da tranquilidade de Neymar seja a confiança que tem recebido do técnico Gerardo "Tata" Martino. O treinador ainda não entregou o time que joga contra o Real, mas deu indícios de que o brasileiro será titular ao lado de Messi no ataque, mesmo depois de ter ficado no banco na última partida do Campeonato Espanhol, contra o Osasuna.

- Neymar está entre os cinco melhores jogadores do mundo. Não preciso de nenhuma partida, nem meia partida e nem dez partidas para confirmar todas as qualidades que ele tem. E dentro do possível, do que está ao meu alcance, vou fazer de tudo para que ele não acredite que é apenas um jogador qualquer, porque ele não é.

No treino deste sábado de manhã, enquanto ainda se aquecia, o elenco mostrou clima descontraído, mesmo um dia antes do jogo mais importante do ano, contra o Real Madrid, no domingo, às 17h (de Brasília), no Santiago Bernabéu - o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real. Neymar, que costuma ser o mais "atentado", até que estava quieto, mas foram cutucá-lo...

Jordi Alba e Song "conspiraram" para derrubar Neymar. O camaronês deitou no chão, enquanto o lateral espanhol tentou empurrar o brasileiro - não conseguiram. Neymar, então, entrou na brincadeira e foi seguro por Alba enquanto tentava tirar satisfações de Song.

Logo em seguida, Neymar apontou a próxima vítima. O escolhido foi Alexis Sánchez, um dos principais concorrentes do brasileiro na disputa pela vaga no ataque titular, que treinava quieto. Desta vez, a brincadeira deu certo, e o chileno foi ao chão após empurrão de Neymar. Tudo na brincadeira. Depois, Alexis levantou-se e deu um abraço no brasileiro.

Outro detalhe da atividade deste sábado de manhã no centro de treinamento do Barça foi o comportamento do técnico Tata Martino. O argentino se mostrou concentrado o tempo inteiro. Mal pisou no campo, já sentou e começou a analisar anotações. Depois, teve uma conversa longa com o goleiro Valdés.



Fonte: GloboEsporte