Queda de produção aumenta a proteção em Neymar na Seleção

Queda de produção aumenta a proteção em Neymar na Seleção

Depois da apresentação ao Barcelona, CBF vai aumentar ainda mais a proteção ao atacante. Craque tem recebido cuidado especial de Felipão

A comissão técnica da seleção brasileira está preocupada com Neymar. Em especial com seu rendimento dentro de campo. Não à toa a blindagem sobre o atacante vai aumentar ainda mais depois que ele voltar de Barcelona ? na próxima segunda-feira, dia 3, ele será apresentado como reforço do time catalão.

Desde que estreou como técnico nessa segunda passagem pela Seleção, Felipão tem tido um cuidado especial com Neymar. Logo de cara, deixou evidente que o jogador não participaria mais de entrevistas antes das partidas. Manteve as perguntas ao jogador apenas nos intervalos e depois dos jogos.

Não é só isso. O treinador assumiu o papel de defensor do craque. Nos amistosos mais difíceis, contra Inglaterra (derrota), Itália e Rússia (empates), Felipão ressaltou a importância tática do atacante, principalmente na ajuda com a marcação. Mas não quis falar sobre a dificuldade que ele teve para furar as defesas.

Mais adiante, nos amistosos contra Bolívia (goleada de 4 a 0) e Chile (empate por 2 a 2), Neymar fez três gols ao todo. Mas em Belo Horizonte, contra os chilenos, ouviu a maior vaia contra ele na carreira. Foi chamado de pipoqueiro. Na entrevista coletiva, contudo, o técnico da Seleção disse que ele está pronto para a Copa do Mundo.

Recém-contratado pelo Barcelona, Neymar deixou o Santos em jejum. Não faz gols há oito partidas (cinco pelo Paulistão, duas pela Copa do Brasil e uma pelo Campeonato Brasileiro). Os números apontam para uma evidente queda de rendimento. A esperança de volta por cima está na seleção brasileira.

A liberação de Neymar para se apresentar ao Barcelona na próxima segunda-feira, dia de folga da Seleção, faz parte da estratégia. A comissão técnica quer encerrar logo o assunto para que o jogador volte seu foco totalmente para a Copa das Confederações. E mais: para que ele renda o esperado dentro de campo.

Jogador com maior número de gols pela seleção brasileira entre os 23 convocados (são 20 em 32 jogos), Neymar não vem atuando bem nas últimas apresentações pelo time nacional e também pelo Santos. Isso preocupa a comissão técnica. Mas eles acreditam que o fim da novela com o Barça vai ajudar o jogador.

De qualquer maneira, Neymar terá forte proteção nesse período. Sua exposição será bem menor. Principalmente depois do próximo dia 3. Recentemente, para se ter uma ideia, Felipão ficou indignado com a tentativa do empresário do craque, Wagner Ribeiro, de leva-lo sábado, dia 1º, para despedida na Vila.

Fonte: GloboEsporte