"Quero dar oportunidade às crianças do Estado", afirma Sarah Menezes

"Quero dar oportunidade às crianças do Estado", afirma Sarah Menezes

A judoca chegou ontem à capital e foi recebida com muita festa e homenagens do governador Wilson Martins

?Nós somos capazes de conquistar tudo. Basta que acreditemos.? Essa foi a mensagem da judoca campeã olímpica Sarah Menezes ao povo do seu estado. Em entrevista ao programa Agora, da Rede Meio Norte, Sarah e seu técnico Expedito Falcão falaram desta conquista e dos próximos desafios que estão por vir.

A atleta chegou ontem à capital e foi recebida com muita festa e homenagens do governador Wilson Martins. Segundo ela, a sensação foi bem parecida com a que sentiu ao conquistar a medalha de ouro: ?Foram sentimentos iguais, de concretização, de emoção, de ênfase no Estado e no povo piauiense?, disse.

O técnico de Sarah falou dos desafios que tiveram de enfrentar juntos para que ela chegasse aonde chegou. Expedito Falcão contou de como nos Jogos Pan-Americanos de 2003 ele teve que pagar do próprio bolso a passagem para que ela pudesse viajar, mas que nos jogos do ano seguinte, como não teve condições de fazer o mesmo, ela deixou de participar. ?Imagina quantos outros talentos como ela, pelo Brasil, não passam pela mesma situação?? disse Expedito.

Mas felizmente, a situação agora é outra. Expedito disse, sempre exaltando a equipe de médicos e preparadores que acompanharam Sarah na sua conquista do ouro, que hoje em dia ela tem a estrutura de um grande centro de treinamento, que não deve nada para nenhum outro. ?De acordo com a CBJ (Confederação Brasileira de Judô) a Sarah tem a melhor estrutura do país?, falou, e isso assegura que a judoca não tenha motivos para ir para longe do Piauí.

Agora, o único título que falta a atleta Sarah Menezes é o de Campeã Mundial Adulto. Mas para a piauiense Sarah Menezes o que ela quer é algo ainda melhor: ?Quero dividir, dar oportunidade às crianças daqui de conquistar grandes títulos, como atletas e cidadãos, na vida profissional e pessoal?, disse a campeã.















Fonte: Andrê Nascimento