Ronaldinho: "Adriano vai ajudar qualquer clube do mundo"

Ronaldinho: "Adriano vai ajudar qualquer clube do mundo"

Ronaldinho Gaucho elogiou o Imperador, que rescindiu contrato com o Corinthians

A saída de Adriano do Corinthians começa a movimentar o mercado da bola, agitando especialmente os bastidores do Flamengo, clube no qual o atacante começou a carreira e conquistou o título brasileiro de 2009. Apesar de os dirigentes jurarem que contato algum foi feito até o momento, a volta do jogador é bem aceita - ao que parece, a começar pelos companheiros de campo, como Ronaldinho Gaúcho.

O camisa 10 esteve nesta terça-feira em um evento em Copacabana sobre a relação entre o esporte e a mídia e adaptou a frase "Flamengo é Flamengo", dita antes de ser contratado, para expressar o que pensa sobre a volta de Adriano.

- Adriano é Adriano - disse Ronaldinho. - Nem sei direito ainda o que aconteceu. Acordei em cima da hora de vir para cá, e está todo mundo falando sobre isso. Ele é um grande jogador, que dentro de campo vai ajudar qualquer clube do mundo.

Ronaldinho compareceu ao evento acompanhado da presidente do Flamengo, Patricia Amorim, e do vice de finanças, Michel Levy, além de Assis, seu irmão e empresário. Os dois dirigentes negaram qualquer contato com Adriano no momento e esperam os acontecimentos para tomar decisões.

- Todos sabem que eu gosto do jogador. No Corinthians, ele não se recuperou, mas no Flamengo já conseguiu uma vez. Temos que esperar, ver como está a cabeça do jogador, saber se o futebol vai querer. Se tudo isso acontecer, depois eu resolvo. Mas, por enquanto, estou deixando meu telefone desligado - brincou Levy, sobre o número de pedidos recebidos para contratar Adriano.

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Paulo César Coutinho também se manifestou sobre o caso. Deixou as dependências do clube à disposição para Adriano se recuperar fisicamente. Em 2008, o Imperador iniciou um tratamento no Reffis do São Paulo e foi contratado por empréstimo, quando atuava pelo Internazionale de Milão.

- O Flamengo está de portas abertas para ajudar no que ele precisar. Se quiser treinar aqui, disponho preparadores físicos, nutricionista e, se solicitar, até psicólogo. Aqui é a casa dele. Não consultei a presidente, então nada foi decidido. Primeiro, vamos ver se ele de fato vai solicitar a ajuda. Aí, desde que participe bem dos treinos, mostre que quer continuar sendo um atleta profissional, até podemos colocar o assunto em pauta - disse Coutinho, em entrevista à Rádio Brasil.

Além de negar qualquer contato com Adriano, o dirigente ainda afirmou que o Flamengo não pensa em contratar reforços no momento. A intenção do departamento de futebol seria valorizar os jogadores criados nas categorias de base do clube, que ganharam espaço recentemente com o aproveitamento mais frequente de Paulo Victor, Muralha e Luiz Antonio.

- No momento, não estamos pensando em contratar ninguém. Não só o Adriano, mas ninguém. O Flamengo quer aproveitar o que tem em casa. Eu, como torcedor, tenho ele como ídolo e desejo ajudá-lo a voltar aos campos, como grande profissional que é. Espero que ele esteja com a mesma intenção - explicou Coutinho.

Na apresentação de Vagner Love, em janeiro, Patrícia Amorim chegou a dizer que "a voz do povo é a voz de Deus" ao ouvir os gritos da torcida pedindo a volta de Adriano. Em seguida, no mesmo dia, minimizou o fato, lembrando que o jogador, na época, estava sob contrato com o Corinthians. Agora, está livre para negociar com qualquer clube.

Fonte: Globo Esporte