Real goleia Ajax e é 1º; Milan avança com golaço de Ronaldinho

Na última rodada da fase de grupos, o Real recebe o Auxerre no Santiago Bernabéu

As duas vagas do Grupo G da Liga dos Campeões foram definidas nesta terça-feira. Com uma goleada tranquila por 4 a 0 sobre o Ajax, fora de casa, o Real Madrid se manteve invicto na temporada e garantiu antecipadamente a primeira posição da chave; já o Milan sofreu, mas conseguiu derrotar o Auxerre, também como visitante, por 2 a 0. Ronaldinho, que entrou aos 40min da segunda etapa, fechou o placar com um belo gol nos acréscimos.

Com os resultados, a equipe da capital espanhola ocupa a liderança isolada do grupo, com 13 pontos. Na sequência aparece o time rubro-negro de Milão, com oito. Ajax (quatro pontos) e Auxerre (três), já eliminados, disputam apenas a terceira vaga, que dá acesso à fase eliminatória da Liga Europa.

Na última rodada da fase de grupos, o Real recebe o Auxerre no Santiago Bernabéu, enquanto o Milan encara o Ajax no San Siro. As partidas estão marcadas para o dia 8 de dezembro.

Nesta terça, os comandados de José Mourinho não encontraram dificuldades para vencer. Mesmo atuando longe de seus domínios, o Real Madrid dominou toda a partida, controlando a posse de bola e abrindo o placar aos 36min. Xabi Alonso deu lindo lançamento e Özil ajeitou de calcanhar para Benzema, que chutou de primeira no ângulo do goleiro Stekelenburg.

Antes do intervalo, a vantagem aumentou. Cristiano Ronaldo bateu falta na barreira e a bola voltou para Arbeloa, que arriscou de longe; o chute desviou em dois jogadores e enganou Stekelenburg.

O Real impôs o ritmo que quis na segunda etapa e praticamente não foi ameaçado pelos holandeses. Cristiano Ronaldo coroou uma ótima atuação com um gol aos 25min: ele recebeu bom passe de Di María na área e bateu cruzado de perna esquerda para ampliar o placar.

Já aos 36min, Ronaldo converteu pênalti sofrido por Özil para fechar o massacre. Xabi Alonso e Sergio Ramos ainda forçaram expulsões nos minutos finais, demorando propositalmente para repor a bola em jogo.

Enquanto isso, na França, o Milan não encontrava a mesma facilidade diante do lanterna Auxerre. O primeiro gol saiu apenas na segunda etapa, aos 19min: Seedorf tentou lançamento para Robinho e o zagueiro Dudka cortou mal, na direção de Ibrahimovic. O sueco pegou um chute forte de primeira, da entrada da área, fuzilando o goleiro Sorin.

Ronaldinho, titular da Seleção Brasileira na derrota por 1 a 0 para a Argentina, foi mais uma vez reserva na equipe do técnico Massimiliano Allegri e só entrou aos 40min do segundo tempo. Porém, foi tempo suficiente para marcar um belo gol nos acréscimos: após jogada de efeito de Robinho pela ponta, o camisa 80 encarou a marcação e finalizou com categoria no canto.



Fonte: Terra, www.terra.com.br