Real Madrid vence, mas desperdiça chance de uma goleada bem maior

Benzema abre placar, amplia e deixa caminho livre para Bale.

Pode um time vencer por 4 a 1 e ainda assim permanecer em crise? O passar dos dias da próxima semana dirá, mas, pelo que se viu neste sábado no estádio Santiago Bernabéu, parece que sim. Na abertura da 14ª rodada, o Real venceu facilmente o Getafe, fazendo quatro gols nos 45 minutos iniciais. Parecia que transformaria em massacre no segundo tempo, só que, com uma atuação preguiçosa, deixou até o adversário diminuir a desvantagem. Para comemorar mesmo, somente a volta do trio BBC, com gols dos três. Benzema abriu o placar logo aos quatro e ampliou aos 16. Bale fez o terceiro, aos 35, e Cristiano Ronaldo fechou a conta no primeiro tempo, aos 38. Os visitantes descontaram com Alexis.


A segunda vitória seguida depois das duas derrotas no Espanhol, para Sevilla, por 3 a 2, e Barcelona, por 4 a 0, deixou o Real com 30 pontos, ainda a mais de um triunfo do líder, por causa do desempate no confronto direto. Classificado antecipadamente às oitavas de final da Liga dos Campeões como primeiro lugar do Grupo A, o Real recebe o Malmö na terça-feira, às 17h45 (de Brasília), para encerrar sua participação na etapa e dar mais um passo para fora da crise.


O gol marcado neste sábado deixou Cristiano Ronaldo como o maior artilheiro do Real Madrid no Campeonato Espanhol, com 235, um a mais do que o mexicano Hugo Sánchez, sete à frente de Raúl e a oito de Di Stéfano. Ficou em terceiro na lista geral, atrás ainda dos 251 de Telmo Zarra, ex-Athletic Bilbao, e os 290 do recordista Messi, do Barcelona, mas com menos jogos do que os dois: 235 contra 251 e 290, respectivamente.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Globo Esporte