Revelação do Bayern dá vaga heroica à Alemanha, que vai encarar o Brasil

Uma atuação de gala do ala Kopplin, jogador do Bayern de Munique

Uma atuação de gala do ala Kopplin, jogador do Bayern de Munique, garantiu à Alemanha uma sofrida classificação às quartas de final do Mundial Sub-20. Jogando com um a menos desde os 18 do segundo tempo no Mubarak Stadium, em Suez, os alemães reuniram forças para virar a partida e derrotar a Nigéria por 3 a 2. Kopplin fez dois gols (o último nos acréscimos) e deu o passe para mais um, marcado por Vrancic. Uchechi e Ibrahim anotaram para a Nigéria.

Com o resultado, a Alemanha se qualificou para enfrentar o Brasil na fase de quartas de final. A partida será disputada neste sábado, às 11h30m (de Brasília). O SporTV e o GLOBOESPORTE.COM transmitem ao vivo.

Em Suez, o primeiro tempo foi equilibrado e terminou 0 a 0. A etapa final, entretanto, foi recheada de gols. Logo aos 6 minutos, Osanga aproveitou bola mal-afastada por Holtby e cruzou com açúcar para Uchechi testar para a rede e fazer 1 a 0 Nigéria. A Alemanha empatou um minuto depois em bobeada do goleiro Okafor. O nigeriano pulou para o meio da área tentando evitar um cruzamento, e Kopplin, sem muito ângulo, bateu direto para o gol e deixou tudo igual.

Garotada dá show no primeiro tempo, despacha o Uruguai e está nas quartas Alex Teixeira exalta talento brasileiro na vitória sobre o Uruguai Rafael dá a volta por cima: "Acho que consegui apagar o gol contra Austrália" De virada, Emirados Arábes derrotam Venezuela e se garantem nas quartas

--------------------------------------------------------------------------------

A expulsão infantil de Kempe, aos 18 minutos (pisou um nigeriano caído ao chão), deixou a Nigéria com a partida a seu dispor. Os africanos então partiram para cima e, aos 23, voltaram a ficar em vantagem no placar. Orelesi deu bela arrancada e serviu Ibrahim. O meia do Sporting bateu com estilo e fez 2 a 1 para a seleção da Nigéria.

Quando já havia a impressão de que a Alemanha entregaria os pontos, Kopplin voltou a brilhar. Aos 30, o atleta do Bayern de Munique fez jogada de pura raça pela ponta esquerda e cruzou para Vrancic, no meio da área, empatar novamente o jogo. A Alemanha tratou de segurar as pontas e conter o ímpeto da Nigéria. O prêmio aconteceu aos 48. Kopplin roubou bola no círculo central, driblou a marcação e avançou até a entrada da área. O camisa 13 então bateu rasteiro e correu para o abraço. Foi a garantia da classificação da Alemanha às quartas de final.

Fonte: aaaaaaaaaaaaa