Revista lembra Ronaldo em escândalo sexual

Revista lembra Ronaldo em escândalo sexual

O "top 10" da publicação ainda tem casos famosos, como o que envolveu John Terry e a e mulher de Wayne Bridge

Em meio à polêmica que envolveu Franck Ribéry e Karin Benzema a uma garota de programa menor de idade, a revista francesa So Foot listou o que considerou os dez principais escândalos sexuais do mundo do futebol. A relação não conta com a confusão francesa com Zahia Dehar, mas lembra dois casos de brasileiros: Ronaldo e Vágner Love.

O "top 10" da publicação ainda tem casos famosos, como o que envolveu John Terry e a e mulher de Wayne Bridge, e outros menos conhecidos do torcedor fora da Europa, como a da seleção de Israel nas eliminatórias para a Eurocopa de 2000. Outros destaques do futebol mundial, como Ashley Cole, Sven-Goran Eriksson e Oliver Kahn, também foram lembrados.

Confira a relação:

1. Os travestis de Ronaldo

Em 2008, depois de uma festa no Rio de Janeiro, Ronaldo decide comemorar uma vitória do Flamengo em um motel com três prostitutas. Lá dentro, descobre que o trio, na verdade, não é de prostitutas, mas de travestis. Liderados por Andreia Albertini, os três chegaram a filmar o jogador, mas Andreia acabou acusada de chantagem. Acabou morrendo em 2009.

2. Terry-gate

Ex-companheiro de Wayne Bridge no Chelsea, o zagueiro John Terry - casado e com um longo retrospecto de polêmicas - manteve um relacionamento extraconjugal com a francesa Vanessa Perroncel, mulher do colega. O caso explodiu no fim de 2009 e quase colocou fim ao casamento de Terry, que reatou com Toni Poole no começo de 2010.

3. O vídeo sexual de Ferdinand, Lampard e companhia

Em junho de 2000, um grupo de jogadores do Campeonato Inglês decide passar alguns dias de folga no balneário de Ayia Napa, no Chipre. Famoso por suas praias e por sua badalada vida noturna, o local foi palco de um pequeno vídeo. Posteriormente, Rio Ferdinand admitiu ter mantido relações sexuais com uma garota, filmada no ato com o consentimento da mesma.

4. Stan Collymore, exibicionista e voyeur

Ex-atacante de Liverpool e Aston Villa, Stan Collymore admitiu a repórteres ingleses ter feito sexo em público em 2004. Aposentado desde 2001, quando passou pelo Oviedo-ESP, o jogador também já havia passado pelas capas de jornais em 1998, quando a apresentadora Ulrika Jonsson - sua então namorada - contou ter sido vítima de agressões domésticas. Ulrika também protagonizou um vídeo picante com Collymore.

5. Eriksson e seus hábitos sexuais

Ulrika Jonsson, porém, também causou furor ao manter um breve caso com Sven-Goran Eriksson em 2002, quando o sueco era treinador da seleção inglesa - Eriksson namorava Nancy Dell"Olio, uma advogada americana. Posteriormente, o treinador também se envolveu com Faria Alam, secretária na Associação Inglesa de Futebol (FA). Faria e Ulrika não pensaram duas vezes: contaram tudo aos sempre ávidos tabloides ingleses.

6. O quarteto do Sunderland

Uma garota de 16 anos, três jogadores de futebol, um quarto de hotel... O goleiro Ben Alnwick, 19 anos na época, e o meia Liam Lawrence, 23, não tiveram pudores ao aparecer em mais um vídeo íntimo envolvendo jogadores em 2006. Companheiro da dupla no clube, o atacante Chris Brown filmou a "festinha", que foi parar rapidamente na internet.

7. Ashley Cole, o marido induzido ao erro

Ashley Cole e Cheryl Cole estão agora separados, principalmente por culpa do jogador. Em janeiro de 2008, a cabeleireira Aimee Walton foi aos jornais ingleses para contar que manteve um caso extraconjugal com o lateral esquerdo da seleção inglesa, que estaria alcoolizado na ocasião. Junto desde 2006, o casal rompeu em fevereiro de 2010.

8. Oliver Kahn e o "Adultério FC"

Pesadelo dos atacantes, Oliver Kahn era um legítimo conquistador fora de campo. Em 2003, pouco após conquistar o Campeonato Alemão com o Bayern de Munique, o goleiro se envolveu com Verena Kerth, 21 anos, camareira de um hotel. Detalhe: a mulher de Kahn, Simone, esperava o segundo filho do casal. A imprensa alemã não perdoou e batizou o caso de "Adultério FC".

9. As prostitutas da seleção israelense

Era 1999, e Israel estava a duas partidas de se classificar para a Eurocopa do ano seguinte - para isso, precisava vencer a Dinamarca. Os israelenses tinham a vantagem de jogar a primeira em casa, mas foram surpreendidos com uma sonora goleada: 5 a 0 para os dinamarqueses. Dias depois, a imprensa trouxe a verdade à tona: seis jogadores passaram a noite em claro na véspera do primeiro jogo, divertindo-se com prostitutas.

10. Vágner Love em ação

Vindo das categorias do Palmeiras, Vágner ganhou o "sobrenome" Love em 2002, ao ser flagrado com uma garota na concentração do clube paulista durante a disputa da Copa São Paulo de futebol júnior. Não satisfeito, o jogador ainda "consagrou" Pâmela Butt, atriz de filmes pornográficos com quem teria sido filmado "em ação" alguns anos mais tarde.

Fonte: Terra, www.terra.com.br