River empata com o Remo com gol nos acréscimos

River empata com o Remo com gol nos acréscimos

O próximo jogo do River será no dia 10 de agosto, contra o Interporto, de Tocantins.

Repetindo a expressão que virou clichê, inventada pelo comentarista Benjamim Wright, pai do ex-árbitro José Roberto Wright: ?o futebol é uma caixinha de surpresas??. Pois não é que o River Atlético Clube, campeão de 2014, surpreendeu na tarde deste domingo (27), e no finalzinho do jogo, aos 45 minutos, quando perdia por 1 X 0, do Remo do Pará, sofreu um pênalti e empatou, para alegria da torcida que em grande estilo, comemorou o gol de categoria, como costumam dizer os comentaristas esportivos. No primeiro tempo, o River andou bem das pernas e fez bonito, apesar de não fazer gol. Justiça seja feita, o Remo também não fez feio no primeiro tempo e o jogo ficou equilibrado, terminando no 0X0.

Foi o segundo jogo de cada um dos times, pela Série D. Na primeira partida do River ele venceu o Guarani de Sobral, na casa do adversário por 2X1. O Remo, em casa, estreou o torneio, empatando com o Moto Club por 1X1. Para o River era fundamental vencer em casa e com o apoio da torcida, que compareceu em massa, para prestigiar o time. Se ele vencesse, ficaria isolado já que era o líder do grupo com três pontos.

Com o empate, o tricolor passa a somar mais um ponto, o que sem dúvida alguma não é de todo ruim, partindo do princípio de que o pior é perder. Voltamos ao jogo ocorrido na tarde de ontem, no Estádio Albertão. O primeiro lance perigoso veio do Remo, aos 16 minutos, quando o atacante Reis, camisa 11, deu uma cabeçada, mas mandou a bola por cima do travessão. O River também tentou, nos pés do camisa 8, Esquerdinha, que tentou um chute pelo lado direito do adversário, mas passou a poucos, digamos, centímetros da trave.

Mas foi no segundo tempo que o ?bicho? pegou, quando o Remo voltou a campo, visivelmente, melhor que o River e, depois de uma bola cruzada da direita para a esquerda, a zaga do riverina defendeu, e o camisa 5, Schmoller, aproveitando o rebote e abriu o placar, aos 28 minutos. Muitos cartões amarelos, um deles para o goleiro do River, inclusive, uma falta grave, em cima do River, deixou o jogo emocionante e a chance de empate, confirmada nos pés do camisa 11, Eduardo que bateu com estilo, cobrindo o goleiro do Remo e mandando para o fundo da rede.

O próximo jogo do River será no dia 10 de agosto, contra o Interporto, de Tocantins.


River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

River-PI empata com o Remo com gol nos acréscimos

Fonte: Lindalva Miranda