Roberto Carlos chega ao Corinthians: "Eu vim para cá para ganhar a Libertadores"

Roberto Carlos chega ao Corinthians: "Eu vim para cá para ganhar a Libertadores"

A Taça Libertadores da América é o grande sonho do Corinthians para o ano do seu centenário.

Maior contratação do Corinthians para a temporada 2010, o lateral-esquerdo Roberto Carlos foi apresentado na tarde desta segunda-feira num grande evento montado no Parque São Jorge. Diante de seis mil torcedores, o ala, que está com 36 anos, prometeu encerrar a carreira no Alvinegro e falou aquilo que dez entre dez corintianos queriam ouvir: ele também tem obsessão pela Libertadores.

- Vim para cá para ganhar a Libertadores porque é um título que eu também não tenho - disse o ala para delírio da Fiel, que acompanhou e se manifestou a cada resposta que ele dava.

A Taça Libertadores da América é o grande sonho do Corinthians para o ano do seu centenário. Por isso o clube resolveu investir em Roberto Carlos. Além dele, outros quatro reforços já foram contratados ? o volante Ralf (Barueri), o atacante Iarley (Goiás) e os meias Danilo (Kashima Antlers-JAP) e Tcheco (Grêmio) ? e serão apresentados até terça-feira.

A festa preparada para Roberto Carlos foi parecida com a que o Timão fez para Ronaldo em 2009. As arquibancadas do Parque São Jorge foram tomadas por fãs. O jogador entrou no gramado na hora combinada ? meio-dia ? acompanhado do presidente Andrés Sanches e dos diretores Mário Gobbi e Luís Paulo Rosemberg. Deu uma volta em campo, recebeu bonés e camisas de algumas torcidas organizadas e, enfim, vestiu o uniforme de número 6. Este, aliás, será o último da sua carreira.

- Meu contrato é de dois anos, mas depois do que eu vi aqui posso ficar mais uns 50 no Corinthians. O certo é que eu vou encerrar a minha carreira aqui. Já vivi momentos de emoção na minha vida, mas esse é único. Ouvir essa massa gritando o meu nome é de arrepiar. A recompensa vai ser dada em campo. É um ano importante para o clube, com centenário, Libertadores e vamos caminhar para as conquistas. Sou mais um louco para esse bando.

Acompanhe a seguir alguns trechos da entrevista de Roberto Carlos:

POR QUE O CORINTHIANS?

"Pela estrutura e pela torcida. O Ronaldo me provou que está em casa aqui. Jogar com essa torcida deve ser maravilhoso. O projeto do presidente é ótimo. Tudo isso me fez voltar ao Brasil: trabalhar com um grupo forte e um ótimo técnico. Sentir de perto esse calor da torcida emociona. Tenho coração, tenho sentimento e essa camisa vai me dar muito mais alegria do que já tive no futebol. O Corinthians é referência no futebol brasileiro. Vamos ser referência para outros clubes. Todos querem copiar o Corinthians. Temos estrutura, grande elenco e um excelente treinador."

ESTREIA QUANDO?

"Se tivesse jogo amanhã eu já estaria bom pra jogar. Dependo do treinador. Amo e vivo futebol. Estou à disposição e quero jogar. Quero ir pra campo e sentir esse calor da torcida."

A RELAÇÃO COM RONALDO

"O Ronaldo não é meu amigo, é meu irmão. Convivi mais tempo com ele do que com a minha própria família. Mas não é só o Ronaldo. Ele me trouxe a motivação para vir pra cá. Mas o Corinthians não é só o Ronaldo ou o Roberto. É um grande time."

OBSESSÃO PELA LIBERTADORES

"Que seja mais do que foi na Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid (ESP). É um dos títulos que faltam na minha carreira. Se o Corinthians ganhar a Libertadores será feriado nacional. Já disputei uma Libertadores (pelo Palmeiras), mas não ganhei"

TIMÃO É FAVORITO NA AMÉRICA

"O favorito é o Corinthians, pelas contratações que fez e pelo fato de muitos rivais diretos não estarem disputando. É um cenário bastante favorável. Estamos preparados para chegar à final e ganhar. Vamos jogar uma Libertadores num ano importante e não podemos desiludir a torcida. Temos de entrar no clima. Time grande precisa ganhar competições grandes. Vim para cá para ganhar a Libertadores porque também não tenho."

TEMPO DE CONTRATO

"É de dois anos né Andrés? Mas depois de hoje fico mais 50 anos aqui."

A IDADE PESA?

"Tenho 36 anos, mas motivação de 22. Experiência mesclada com juventude. Isso mostra que idade não é problema no futebol. Sou experiente e não velho. Sou um crianção. Já falei pro Dentinho "calma garoto, que o papai está chegando". Estou com 36, mas jogando o meu melhor futebol. Eu vou me adaptar ao Corinthians e não o Corinthians se adaptar a mim."

É TORCEDOR SANTISTA?

"Quando saiu a história de que eu poderia ir para outros clubes já estava tudo fechado com o Corinthians. Foi só uma estratégia montada. A minha realidade é que sou corintiano. Quero trabalhar para essa torcida. Quero ser feliz e ganhar títulos aqui. O passado no passado está."

SELEÇÃO BRASILEIRA

"Primeiro tem a readaptação. Se eu tiver bem no Campeonato Paulista, posso ter chance de voltar à seleção brasileira. Aí depende do Dunga, que vai me assistir mais de perto. Mas eu retornei pelo Corinthians e não pela seleção. Se voltar à seleção, será conseqüência."

ENCERRAR A CARREIRA NO CORINTHIANS

"Voltarei ao Real Madrid quando acabar o meu contrato no Corinthians. Daqui a dois, três, quatro ou dez anos. Voltarei à Espanha só para ser embaixador, mas jogando futebol vou acabar aqui."

READAPTAÇÃO AO FUTEBOL BRASILEIRO

"Fiquei 16 anos fora, e volto depois de muito tempo. Comecei no União São João e estou fora do Brasil há muito tempo. Mas quem sabe jogar bola não esquece. É só um pouco de treino para me readaptar."

PRIMEIRO GOL

"Não prometo muitos gols, mas no primeiro deles vou lá no meio da Gaviões comemorar.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com