Roger explica expulsão e nega ida para Grêmio

Roger explica expulsão e nega ida para Grêmio

O jogador vive um ótimo momento no Cruzeiro, apesar de sempre estar envolvido em polêmicas

Além de Wallyson e Gilberto, autores dos gols que garantiram o título mineiro para o Cruzeiro, e de Fábio, que fechou a meta celeste, outro personagem chamou bastante a atenção. O meia Roger, substituído no segundo tempo, comemorou com o torcedor, antes mesmo do término da partida. Tanto que o árbitro Wilson Luís Seneme o expulsou, mesmo fora do jogo.

Eu realmente achei que o jogo já tinha terminado. Tinha perguntado ao quarto árbitro quanto tempo faltava e entendi que já estava nos descontos. Depois que eu olhei, vi que a partida ainda estava pegando fogo e acabei expulso. Mas valeu.

O jogador vive um ótimo momento no Cruzeiro. Apesar de sempre estar envolvido em polêmicas, principalmente em relação com o meia Gilberto e com o técnico Cuca, Roger é praticamente adorado pelo torcedor celeste. Ao lado de Fábio, é considerado o grande ídolo do elenco.

- Eu sempre almejo o melhor. Desde que eu cheguei ao Cruzeiro, desde o primeiro jogo, que foi o clássico, o tratamento e o carinho que eu tenho recebido são enormes

Roger comemorou o fato de ter sido elogiado pelo técnico Cuca. O comandante celeste disse que conta com o jogador para a sequência da temporada. E o meia cruzeirense afirmou que está disposto a ajudar a equipe no Campeonato Brasileiro.

- Isso é bom escutar do treinador. Tomara que seja verdade. Meu trabalho no Cruzeiro é muito transparente. O torcedor sabe do meu empenho e da minha dedicação. Minha empatia é muito grande com o torcedor. Tenho uma identificação incrível com a torcida, e isso é muito bom.

A estreia no Brasileirão será no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

No Grêmio?

O meia do Cruzeiro confirmou que algumas conversas com a diretoria do Grêmio foram iniciadas. A notícia veiculada na imprensa gaúcha dava conta de que o próprio Renato Gaúcho, técnico do Tricolor, teria ligado para Roger. O atleta do Cruzeiro desmentiu.

- Não falei diretamente com ninguém. Mas meu procurador realmente teve uma conversa, mas, até mesmo pelas decisões dos estaduais, não foi levado à frente. Todos estavam em decisões, e não era a hora de pensar em outra coisa. Mas o Grêmio sempre aparece, porque sempre fui muito ídolo lá. Tive uma curta passagem, mas brilhante. Tenho um carinho muito grande com o torcedor, adoro o sul, o Grêmio, mas tenho contrato com o Cruzeiro e pretendo cumprir.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com