Rogério Ceni afasta aposentadoria e renova com o São Paulo

Com o novo contrato, o jogador vai completar 23 anos no clube do Morumbi na próxima temporada.

A torcida do São Paulo pode ficar tranquila. Não será em 2012 que Rogério Ceni vai se aposentar. Após uma reunião com o diretor de futebol, Adalberto Baptista, na noite da última quinta-feira, ficou definida a renovação de contrato do camisa 1 por mais uma temporada.



- É uma alegria imensa seguir contando com o Rogério, um atleta que com toda sua experiência segue no auge da sua forma, além de toda a idolatria que causa a nós são-paulinos. Eu diria que ele é o nosso primeiro reforço para 2013 ? explicou o diretor de futebol, Adalberto Baptista.

Com o novo contrato, o jogador vai completar 23 anos no clube do Morumbi na próxima temporada. A história teve início no dia 7 de setembro de 1990, quando o jovem de 17 anos fez um teste no CT da Barra Funda e foi aprovado pelo então preparador Valdir Joaquim de Morais. O primeiro jogo como titular na equipe profissional seria realizado três anos depois, em duelo contra o Tenerife (ESP), pelo troféu Santiago de Compostela.

Até 1997, Rogério ficou pacientemente na reserva de Zetti aguardando uma oportunidade. Desde então, assumiu a vaga de titular e não saiu mais. Disputou 1.044 partidas, conquistou 16 títulos e ainda tornou-se o maior goleiro artilheiro do mundo, com 105 gols marcados. Entre as principais conquistas, estão a Taça Libertadores da América e o Mundial de Clubes da Fifa em 2005 e o tricampeonato Brasileiro em 2006, 2007 e 2008.

A temporada 2012 foi a mais complicada para o capitão são-paulino. Isso porque na pré-temporada realizada no CT de Cotia sofreu uma grave lesão no ombro direito. Operado no fim de janeiro, ficou seis meses parado, o que deixou a todos com a sensação de que a aposentadoria seria o caminho natural no fim do ano. No entanto, totalmente recuperado, voltou jogando muito bem, sendo decisivo em alguns duelos. A partir de então, a renovação ganhou força.

Pela seleção brasileira, integrou a delegação que disputou duas Copas do Mundo de 2002, no Japão, e 2006, na Alemanha.

Fonte: Globo