Minotouro é nocauteado em 44 seg em seu retorno ao UFC após 17 meses

Minotouro é nocauteado em 44 seg em seu retorno ao UFC após 17 meses

Nos médios, Robbie Lawler supera Matt Brown e terá revanche contra o campeão Johnny Hendricks

Em evento do UFC na noite deste sábado, o veterano lutador de MMA Rogério Minotouro Nogueira, de 38 anos, que voltava ao octógono após 17 meses de afastamento, devido a uma sequência de lesões, foi nocauteado com extrema rapidez pelo americano Anthony Johnson. O combate, válido pelo peso-meio-pesado, foi o segundo mais importante do UFC Lawler x Brown, realizado em San José, na Califórnia, EUA. A luta - prevista para três rounds de cinco minutos - durou apenas 44 segundos, tempo suficiente para Johnson encurralar Minotouro na grade e desferir uma série de socos potentes que minaram o irmão de Rodrigo Minotauro, outra lenda das artes marciais mistas (MMA).

O americano encaixou dois cruzados de direita no rosto de Mintouro. Em seguida, acertou um upper (gancho) que deixou o brasileiro zonzo. Enquanto tentava se manter em pé, Minotouro foi atingido por outros dois uppers violentos, que o fizeram desabar no ringue.

- Espero continuar dando medo nos corações de todos. Passei por coisas muito difíceis, mas espero que todos saibam que eu estou muito feliz de estar aqui. Eu sabia que eu tinha que nocautear esse cara rápido, porque ele é muito duro - disse Johnson, de 30 anos, que está em sua segunda passagem pelo UFC.

Johnson conseguiu seu oitavo triunfo seguido no peso-meio-pesado, o que o vai credenciando como possível futuro desafiante do campeão Jon Jones, também americano. Antes, porém, ele deve encarar o número 1 do ranking da categoria, o sueco Alexander Gustafsson, em luta que ainda será agendada. No cartel, Johnson tem agora 18 vitórias (12 por nocaute) e quatro derrotas. Já Minotouro conheceu a sexta derrota na carreira, a segunda por nocaute. Ele tem 21 vitórias (6 nocautes e 9 finalizações).

Na luta principal da noite, Robbie Lawler x Matt Brown, havia muito em jogo: um lugar na disputa do cinturão dos médios contra o atual campeão, Johnny Hendricks. Em combate muito equilibrado e de excelente nível técnico, o resultado só foi conhecido na decisão dos juízes. Lawler, 33 anos, venceu por decisão unânime e se credenciou a disputar o título da categoria. Brown, 32 anos, também americano, teve interrompida uma sequência de sete vitórias consecutivas.

- Ele é um grande lutador, foi equilibrado o combate - elogiou Lawler. - Agora vou atrás do Hendricks. Sei que ele está machucado, mas vai ter que estar preparado para mim - completou o vencedor da luta principal da noite, que terá sua chance de revanche contra o campeão, que o derrotou em março, na disputa do cinturão que tinha sido deixado vago pelo canadense Georges Saint-Pierre.

Resultados do card principal:

Robbie Lawler venceu Matt Brown por decisão unânime

Anthony Johnson venceu Rogério Minotouro por nocaute aos 44s do R1

Dennis Bermudez venceu Clay Guida por finalizaçãoaos 2m57s do R2

Bobby Green venceu Josh Thomson por decisão dividida

Resultados do card preliminar:

Jorge Masvidal venceu Daron Cruickshank por decisão unânime

Patrick Cummins venceu Kyle Kingsbury por decisão unânime

Tim Means venceu Hernani Perpétuo por decisão unânime

Brian Ortega venceu Mike de la Torre por finalização a 1m39s do R1

Tiago Trator venceu Akbarh Arreola por decisão unânime

Gilbert Durinho venceu Andreas Stahl por decisão unânime

Joanna Jedrzejczyk venceu Juliana Lima por decisão unânime

Noad Lahat venceu Steven Siler por decisão unânime

Fonte: O Globo