Romário chora na chegada ao time do América-RJ

Romário realmente quer que o futuro seja bem diferente para o América

Romário teve tapete vermelho em sua chegada ao América-RJ na manhã desta quinta-feira. E como um rei admirado e respeitado por seu povo, trouxe grandes notícias para a torcida. Ao lado do presidente do clube, Ulisses Salgado, o ex-jogador apresentou a nova comissão técnica e a Penalty, nova fornecedora de material esportivo do clube da Rua Campos Sales. E mais: segundo o parceiro do América, o novo patrocinador já está "99% acertado".

Romário realmente quer que o futuro seja bem diferente para o América. Mas ele destaca que a grandeza do clube não se perdeu. O ex-jogador novamente chorou ao falar de Seu Edevair e ao ver uma bandeira feita por uma torcida organizada do clube com a imagem do famoso americano.

"O América não é coitadinho, não está pedindo esmola e não precisa da pena de ninguém. O clube sempre foi grande e voltará ao lugar de onde não deveria ter saído", destacou o ex-craque.

"Aprendi a gostar de futebol com ele, indo ao Maracanã ver o América. Tenho uma dívida com ele", destacou o ídolo, que garantiu já ter conseguido com que três de seus seis filhos se tornassem americanos (Rafinha, Belinha e Ivy).

Depois de apresentar o novo fornecedor de material esportivo e vestir uma camisa especial com a sua imagem, já feita pela Penalty, Romário apresentou a nova comissão técnica do clube, formada por Ademar Braga (Superintendente), Clovis de Oliveira (técnico), Márcio Meira (Preparador Físico) e Daniel (fisioterapeuta). Garantiu que cerca de seis jogadores que disputaram o Campeonato Carioca deste ano estarão no grupo e que, confirmando-se o patrocinador que está quase certo com o clube, dois ou três jogadores diferenciados chegarão a Campos Sales.

"O torcedor poderá ir ao estádio. Nosso time se entregará em campo, vai atuar com muito coração. Eu não entro para perder", ressaltou Romário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br