Romário rebate Ronaldo sobre Mundial de 2014 e ironiza: "adoro mulher"

O deputado federal também negou que seja antipatriota.

O deputado federal e ex-atacante Romário rebateu de forma veemente e irônica as críticas que recebeu de Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014. O político se disse patriota, criticou gastos excessivos para o Brasil receber o evento e fez alusão até ao episódio em que o ex-colega de Seleção e agora desafeto se envolveu com travestis.

?Eu particularmente, adoro mulher! Mas aprendi a respeitar o gosto de cada um...?, afirmou Romário nas redes sociais depois de enumerar os motivos que o levaram a ter uma postura crítica em relação à Copa.

"Não sou contra a Copa. Sou contra os gastos excessivos que estão sendo realizados para este Mundial enquanto a Fifa vai lucrar R$ 4 bilhões, livre de impostos, e entrará nos cofres do COL quase um R$ 1 bilhão", postou o ex-jogador.

Outro momento em que Romário se referiu claramente a Ronaldo foi quando relembrou uma frase atribuída ao ex-camisa nove em que declarava que "Copa se faz com estádios, e não com hospitais".

"Não acho que Copa deva ser realizada apenas com estádios, 100% diferente disso. Independente de qual evento seja, temos sim que ter hospitais de qualidade, principalmente porque essa é uma necessidade básica da nossa população. Além disso, os turistas também precisarão de atendimento", afirmou.

Romário ainda foi enigmático em um dos comentários ao afirmar que "não recebo nenhum dinheiro da Fifa e muito menos alugo apartamento por R$ 250 mil por mês para essa entidade cheia de corruptos".

O deputado federal também negou que seja antipatriota. "Parece que tem gente confundindo o significado de patriotismo. Só para esclarecer, de acordo com o dicionário Aurélio, patriotismo é uma qualidade de quem tem "amor à Pátria"".

Na última terça-feira, em evento em Londres, Ronaldo defendeu a organização da Copa no Brasil e ironizou a postura de Romário. "Estou lutando por uma coisa que estamos construindo. É muito fácil alguém ser oposição, tentar destruir, sentado na sua casa, sem acreditar no projeto, sem acreditar em nada, e só tentar destruir os outros", disse.

Fonte: Terra