Ronaldinho é decisivo, Pato marca nos acréscimos, e Milan bate a Fiorentina por 2 a1

Ronaldinho é decisivo, Pato marca nos acréscimos, e Milan bate a Fiorentina por 2 a1

Com o resultado, a diferença do Milan para o líder, o Inter de Milão, caiu para quatro pontos

Mais uma vez Ronaldinho Gaúcho foi decisivo e ajudou o Milan. Desta vez, o craque participou dos dois gols na vitória sobre a Fiorentina por 2 a 1, de virada, em partida atrasada da 17ª rodada do Campeonato Italiano. Pato foi o outro destaque, anotando o gol do triunfo em Florença aos 47 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, a diferença do Milan (segundo colocado) para o líder, o Inter de Milão, caiu para quatro pontos (55 contra 51) na tabela de classificação.

Com uma forte marcação, a Fiorentina começou em cima do Milan. Logo aos três minutos quase abriu o placar com uma cabeçada de Gilardino. O camisa 11 da Viola testou no meio do gol para a boa defesa do goleiro Abbiati.

A pegada forte no meio de campo deu certo, e o gol saiu aos 14 minutos. Gilardino recebeu de Jovetic e bateu de direita para inaugurar o marcador.

A Fiorentina tinha a maior posse de bola e dominava a partida. Bem marcado e, na maioria das jogadas, cercado por três jogadores de perto, Ronaldinho Gaúcho não conseguia deixar seus companheiros na cara do gol.

No melhor lance do Milan no primeiro tempo, Pirlo fez grande jogada na entrada da área e rolou para Flamini, que bateu rasteiro no canto direito. A bola passou tirando tinta da trave do goleiro Frey.

Na etapa final, o técnico Leonardo colocou Pato jogando mais pela ponta, e o Milan cresceu. O camisa 7 criava mais jogadas e deixava Ronaldinho Gaúcho mais livre da marcação adversária.

Aos 11 minutos, Ronaldinho lançou Pato pela direita, que passou pela marcação, invadiu a área e bateu, com efeito, pela linha de fundo. Aos 17, o brasileiro Keirrison entrou no lugar de Gilardino e fez sua estreia na equipe da Fiorentina.

O time da casa levava perigo no contra-ataque. Marchionni quase ampliou com um chute perigoso de fora da área, assustando Abbiati.

Mas, no fim da partida, o time rubro-negro colocou pressão com a entrada de Huntelaar e deu certo. Na única vez que a defesa da Fiorentina cochilou, Ronaldinho deixou o atacante holandês na cara do gol para empatar, aos 36. Tabela na entrada da área, e Gaúcho enfiou na medida para Huntelaar tocar na saída do arqueiro adversário.

Quando todo mundo esperava o resultado de empate entre as duas equipes, brilhou a estrela de Ronaldinho. O brasuca levantou com efeito na área, e a bola sobrou para Pato, que bateu seco na saída do goleiro para virar o jogo e decretar a vitória rossonera.

Em outra partida realizada nesta quarta, o Udinese venceu de virada o Cagliari por 2 a 1. Sanchez e Natale marcaram para o time de Udine. O brasileiro Jeda abriu o placar.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com