Ronaldo não tem condições de ser presidente da CBF, diz Romário

Romário é um desafeto da atual gestão da entidade

Image title

Romário é um desafeto da atual administração da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O senador não poupa críticas aos principais nomes da gestão da entidade e não perdeu mais uma chance de disparar.

Prestes a iniciar os trabalhos como presidente da CPI do Futebol, ele garantiu que as investigações terão resultados concretos, antes de novamente pedir a prisão de Marco Polo Del Nero, presidente da entidade. O senador também comentou a possibilidade de Ronaldo Fenômeno ser presidente da CBF.

“Ronaldo não. Longe disso. Ele não faz parte da sacanagem do futebol. Infelizmente, na Copa, escolheu o lado errado. Mas, para ser presidente da CBF, ele não tem condição nenhuma em termos de preparação”, afirmou.



Fonte: Esporte Interativo