Ronaldo nos cinemas: craque assina pré-contrato para atuar em filme com Irã

O filme, ainda sem título definido, será produzido pelos iranianos Mansur Sohrabpour e Mohammad Latif

Além do sucesso dentro de campo, Ronaldo está perto de brilhar também nas telas de cinema. Na semana passada, o atacante do Corinthians assinou um pré-contrato para participar de um longa-metragem iraniano. Trata-se de um drama baseado na história real de uma menina palestina que, antes de morrer num campo de refugiados, sonhava conhecer o Fenômeno.

- Um pré-contrato foi assinado na semana passada. Devemos fechar o acordo definitivo até setembro. O filme é um drama, que conta a história de uma menina que era fã incondicional do Ronaldo e tinha o nome dele como apelido. Ela sonhava conhecê-lo ? contou Fabiano Farah, empresário do camisa 9.

O filme, ainda sem título definido, será produzido pelos iranianos Mansur Sohrabpour e Mohammad Latif. A Câmara de Comércio Brasil Irã, representada pelo presidente Farrokh Chadan, é que está na coordenação do projeto. As filmagens acontecerão no Líbano, provavelmente a partir da segunda quinzena de setembro.

A personagem principal do longa-metragem é a menina Alneyrab. Nascida na Palestina, ela vive em um campo de refugiados no sul do Líbano. Só que um dia ela pisa em uma mina e perde uma das pernas. Em decorrência disso, sua saúde fica debilitada e ela morre sem realizar seu principal sonho: conhecer o Fenômeno.

Fã de futebol, Alneyrab era conhecida no local onde vivia como Ronaldo, apelido dado a ela por conta da admiração pelo craque. A bola era sua melhor amiga, mas o conflito entre palestinos e israelenses atrapalhou seus planos. No filme, os produtores querem mesclar fatos reais com um toque de ficção. É aí que entra o atacante do Timão.

- É um roteiro baseado em fatos verídicos. Conta a história de uma menina que era muito boa de bola, mas morre depois que perde a perna ao pisar em uma mina. No filme, isso não deve ser mostrado. O que está no roteiro é a tentativa dela de conhecer o Ronaldo, para entregar a ele uma carta ? detalhou Farrokh Chadan.

O craque participará do filme como uma espécie de emissário da paz. Suas cenas vão lembrar visita que ele fez em maio de 2005, como embaixador da ONU, em um único dia, ao território palestino e também a Israel. O staff de Ronaldo deve conversar com o Corinthians em breve para solicitar a liberação do jogador para as filmagens.

É provável que o início das gravações coincida com o amistoso entre Corinthians e Flamengo, no dia 15 de setembro, em território palestino. Se tudo der certo, pode ser que o craque permaneça na região para cumprir seu contrato com os iranianos. Pelo projeto, o atacante terá uma participação mínima.

Programado para ser lançado mundialmente, o filme ainda não tem nome, muito menos data para ser finalizado. Algumas sugestões surgiram por parte da Câmara de Comércio Brasil Irã. Todos tendo como foco principal o jogador: Ronaldo, o Fenômeno e R9: emissário da paz. O título oficial deve ser divulgado mais adiante.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com