Ronaldo:"Teria o dobro de gols se tivesse jogado com Zico"

Ronaldo:"Teria o dobro de gols se tivesse jogado com Zico"

Fenômeno considera que Galinho foi o melhor jogador do mundo, admite que vibrou com título do Fla, mas lembra que, agora, seu 1º time é o Corinthians

Ronaldo anunciou a aposentadoria dos gramados há duas semanas, mas ainda impressiona a comoção que ele causa por onde passa. Mesmo em um local recheado de grandes jogadores, o Fenômeno concentrou as atenções na noite desta segunda-feira, no Rio, onde o agora ex-atacante recebeu uma homenagem de seu grande ídolo ? Zico.

O Fenômeno chegou ao local por volta das 22h30m, durante o intervalo de uma pelada entre ex-jogadores, com lances que empolgaram os torcedores presentes. Ele foi recebido por Zico, que agradeceu o esforço de Ronaldo para estar presente na inauguração.

Juntos, mostraram a placa de inauguração com o nome do Fenômeno, que deixou clara toda a sua admiração por Zico. Para o ex-atacante, a parceria entre os dois poderia ter rendido muitos frutos ao futebol brasileiro.

- Zico sempre foi meu ídolo. Gostaria de ter jogado com ele. Teria feito o dobro de gols. Ele sempre fez lances de genialidade. É uma grande honra receber elogios do Zico, que foi o melhor do mundo ? disse.

Cercado por torcedores e jornalistas, Ronaldo explicou o atraso e lamentou não poder disputar a pelada de inauguração do campo.

- Fiquei preso duas horas no aeroporto. É uma pena não poder jogar. Estou recém-aposentado, cheio de dores ? justificou.

Claramente emocionados, Zico e Ronaldo revelaram admiração mútua. O Fenômeno, por exemplo, lembrou de um episódio de infância que o marcou para sempre. Segundo ele, na primeira vez que foi ao Maracanã, o pai o levou para ver de perto o eterno camisa 10 da Gávea. Zico estava cercado por jornalistas, mas parou para atender ao pedido de autógrafo de Ronaldo, então um menino. O ex-atacante garante guardar a lembrança até hoje.

Sobre o Flamengo, clube de infância, Ronaldo assumiu que comemorou o título da Taça Guanabara, conquistado neste domingo, com a vitória por 1 a 0 sobre o Boavista, no Engenhão. Mas reforçou a paixão pelo Corinthians, seu último clube na carreira.

- Sempre fui torcedor do Flamengo, mas hoje sou mais corintiano. Fiquei feliz e vibrei com o título da Taça Guanabara. Sempre fui Flamengo, minha família sempre torceu para o Flamengo, mas hoje meu primeiro time é o Corinthians.

Em relação a Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo elogiou o ex-companheiro de Seleção e ressaltou que teria voltado ao Brasil aos 22 anos, no auge, caso soubesse como ele e R10 seriam recebidos pelos torcedores no país.



Fonte: g1, www.g1.com.br