Ronaldo vira guia da Fifa no Brasil e sugere "pinga" a secretário

Fenômeno aconselhou Jerome Valcke a experimentar caipirinha quando visitar Belo Horizonte

Ao ser nomeado pelo antigo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para ser conselheiro do Comitê Organizador Local, Ronaldo surgiu, na ocasião, como trunfo do cartola para amenizar as críticas sofridas. Agora com o antigo aliado longe, o Fenômeno continua emprestando seu prestígio e tem aproveitado seu carisma para cativar a Fifa.


Ronaldo vira guia da Fifa no Brasil e sugere

Nesta semana, o maior artilheiro da história das Copas acompanhou Jerome Valcke, secretário geral da Fifa, em visitas por Manuas e Cuiabá, sedes do Mundial de 2014.

Nas cidades, Ronaldo foi uma espécie de guia do cartola da Fifa e roubou a cena ao levá-lo para experimentar a culinária local. Por conta disso, foi perguntado por um repórter, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, na quinta-feira (30), quais seriam as dicas para a visita que Valcke fará em Belo Horizonte em outubro.

Bem humorado, Ronaldo não titubeou ao aconselhar o suíço a conhecer a pinga mineira e não lamentou não poder estar presente. O ex-atacante ainda provocou Bebeto, seu parceiro no COL e que não consome bebidas alcoolicas.

- Em Belo Horizonte um feijão tropeiro, isso aí ele com certeza vai gostar muito. A pinga no fim do dia pode ser interessante, pura e misturada com frutas, a qual chamamos de caipirinha. No caso da pinga com fruta, o Bebeto não participa, sai correndo.

Em outubro, Ronaldo estará na China a trabalho e desfalcará a comitiva da Fifa. Satisfeito com o bom entendimento com Valcke, afirmou que o secretário geral da Fifa tem enorme boa vontade com o Brasil.

- É um prazer apresentar a cultura do meu País a ele, que está tentando até aprender o português. Infelizemnte não estarei presente em outubro, vou estar na China. Se alguém lá me oferecer para comer cachorro, vou provar sem saber o que é. Aqui mostramos o que ele está comendo.

Fonte: r7.com