Adriano se diz "curado" e diz que em um mês poderá volta a jogar

Adriano se diz "curado" e diz que em um mês poderá volta a jogar

Atacante é aprovado nos exames e, antes de assinar contrato, já fala como jogador do Fla: "Acho que em um mês posso voltar a estar em campo"

Adriano está liberado para ser integrado ao grupo do Flamengo. Na manhã desta segunda-feira, o atacante, que chegou sorridente e confiante, foi examinado por José Luiz Runco numa clínica na Barra da Tijuca, e o médico rubro-negro deu sinal positivo para que o jogador de 30 anos passe a treinar com o grupo já a partir desta terça-feira, no Ninho do Urubu. A tendência é que também nesta terça o Imperador assine contrato até dezembro. Faltam detalhes para a assinatura do novo vínculo.

- Runco me liberou, estou curado. Eu estava só esperando a liberação do doutor Runco, graças a Deus hoje posso dizer que estou realmente bem, agora é esperar que dê tudo certo na hora do contrato e voltar a vestir a camisa do Fla. Estou bem, continuei fazendo trabalhos na academia, o doutor Runco ainda vai passar o trabalho que tenho que fazer para voltar mais rápido. Acho que em um mês posso voltar a estar em campo - previu o camisa 10 ao deixar a clínica.

Antes mesmo de assinar contrato, Adriano já fala como jogador do Flamengo e não esconde a vontade de voltar a entrar em campo vestindo rubro-negro.

- Minha vontade é fazer gol de novo. Estou muito feliz de poder voltar ao Flamengo, que é a minha casa - disse o jogador.

E, no que depender da vontade de Adriano, seu nome não voltará a aparecer nos noticiários por causa de atrasos e ausências nos treinos.

- Agora eu posso ser cobrado. Depois que assinar contrato, tenho que ter mais compromisso com o clube - declarou.

O médico José Luiz Runco também falou sobre as condições do atacante e ressaltou que, na parte médica, Adriano está liberado.

- Fizemos exames de raio-x, está tudo ok, tudo certinho. Agora é ele resolver com o departamento de futebol - afirmou.

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, confirmou que o acerto com Adriano está bem encaminhado. Ele espera bom comportamento do atacante dentro e fora de campo até o fim do contrato, em dezembro.

- Na nossa conversa de sábado, ficou combinado que, sendo liberado pelo Runco, ele começaria a treinar na terça. De hoje para amanhã, vamos resolver essa questão do vínculo. Espero que dê tudo certo e ele entenda que precisa estar dentro das nossas exigências. É uma aposta dos dois lados. Quando começar a treinar, ele vai ter que buscar a forma para ficar à disposição do Dorival - disse Zinho.

Quase seis meses sem jogar

Em reunião no dia 20 de junho, foi projetado que no dia 1º de agosto poderia acontecer uma decisão sobre o retorno - ou não - de Adriano. Mas o tempo foi estendido até a reunião de sábado. Nesta segunda-feira, ele foi examinado por José Luiz Runco.

O atacante foi operado pela primeira vez em abril de 2011, mas a recuperação foi considerada inadequada, e o departamento médico rubro-negro optou por um reparo no local, em cirurgia realizada por José Luiz Runco há quatro meses.

Desde 17 de julho, Adriano decidiu fazer sua recuperação fora do Ninho do Urubu, com trabalhos de musculação em academia e fisioterapia em casa. A decisão, segundo ele, foi por conta do patrulhamento mesmo sem ser funcionário do clube. O atacante faltou a diversas sessões do trabalho.

O jogador não disputa uma partida desde o dia 4 de março, quando participou de 68 minutos na derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Santos, pelo Campeonato Paulista. Em sua passagem de quase um ano pelo Timão (chegou no fim de março de 2011), marcou apenas dois gols em oito jogos - sete oficiais e um amistoso contra o Flamengo.

Fonte: Globo Esporte